SÃO MATEUS

Mulher acusada de afogar o próprio filho é presa

O bebê não resistiu às agressões e morreu no local. Segundo a polícia, a mãe já havia sido denunciada várias vezes

Foi presa nesta quarta-feira, 17, na Rua Carmelita, Bairro Tânia Amorim, em São Mateus do Maranhão, uma mulher identificada como Raiane Bezerra, após agredir e afogar o próprio filho de apenas dois anos de idade até a morte.

O crime ocorreu por volta de 13h30 da tarde, quando a mulher atacou e afogou o bebê dentro de um balde de água, até ficar desacordado. Segundo relatos, a agressora ficou desesperada e gritou por ajuda. Os vizinhos entraram na residência e tentaram reanimar a criança, que acabou morrendo no local.

Em seguida, Raiane levou o bebê ao hospital e afirmou que ele havia se afogado em um balde por acidente. No local, foram identificadas marcas de agressão no menino e a mãe foi presa em flagrante. Encaminhada à Delegacia, sua prisão foi decretada.

Segundo informações da Polícia, a mulher, que morava com o marido, costumava agredir o filho com frequência, e já haviam diversas denúncias contra ela. No momento do crime, o pai da criança não estava em casa.

O corpo de Kauã foi levado a São Luís para autópsia e retornará a São Mateus para o enterro. O processo está sendo acompanhado pela família paterna.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS