FEMINICÍDIO

Suspeito de matar companheira a tiro diz que foi suicídio

Na quarta-feira, 19, Jaine Oliveira foi encontrada morta, em sua cozinha, com um tiro na cabeça. O principal suspeito, seu então companheiro, ligou para a família dizendo que ela havia se suicidado

Uma ação da Delegacia de Homicídios de Imperatriz deflagrou investigação com o objetivo de prender o principal suspeito de ter assassinado uma jovem de 18 anos identificada como Jaine Ferreira Oliveira.

A vítima foi encontrada morta na última quarta-feira (19), sentada em uma cadeira da cozinha de sua casa, com um tiro na cabeça. Em um dos quartos da casa, havia uma criança de três anos dormindo.

Segundo o relato de testemunhas, na noite anterior, terça-feira (18), escutou-se uma discussão, possíveis agressões e choro de criança. Em seguida, pôde ser ouvido o disparo de uma arma de fogo.

Na manhã da quarta-feira, o suspeito principal do crime, homem de 39 anos e então companheiro de Jaine, ligou para os familiares da mulher avisando que ela tinha cometido suicídio. Tudo indica que, após a ligação, o homem fugiu da casa; e seu carro foi encontrado na BR-010.

Com o andamento das investigações, o suspeito foi encontrado no interior de uma van em Peritoró e preso. Ainda na quarta-feira, ele foi levado a Imperatriz, onde será julgado.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS