HOMICÍDIO

Preso acusado de matar cabo da Polícia Militar em Zé Doca

A vítima foi atacada no meio da rua e morta a pedradas, pauladas e perfuração no pescoço.

Reprodução

Foi preso na manhã de quinta-feira, 27, um dos acusados de assassinar com requintes de crueldade o cabo da Polícia Militar, Moises de Deus e Silva, de 45 anos, em janeiro deste ano. O crime aconteceu no município de Zé Doca, quando a vítima foi atacada no meio da rua e morta a pedradas, pauladas e perfuração no pescoço.

O preso, identificado como Domar, 21 anos, estava foragido desde então, mas retornou recentemente para Zé Doca. A prisão foi efetuada pela polícia civil, dentro de uma cerâmica no Bairro São Francisco.

Uma das suspeitas é que o cabo tenha sido morto por dívidas de drogas, mas nada confirmado até o momento.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS