RIBAMAR

“Seco” e “Negão” são detidos com drogas no Jardim Tropical

As prisões foram deflagradas após denúncias anônimas que relatavam a existência de uma moradia que estava sendo usada como um grande ponto de comercialização de drogas

 

O combate ao tráfico de drogas continua tirando de circulação várias pessoas suspeitas de ações criminosas na região metropolitana de São Luís. Em uma operação da Delegacia Especial da Cidade Operária, policiais civis fecharam uma “boca de fumo” no bairro Jardim Tropical, em São José de Ribamar.

A ação culminou na prisão de Wendell Lucas Alves Barbosa, mais conhecido como “Seco”, e de Eduardo Oliveira Santos, o “Negão”.

As prisões foram deflagradas após denúncias anônimas que relatavam a existência de uma moradia que estava sendo usada como um grande ponto de comercialização de drogas. A boca de fumo era comandada por Negão e Seco. Uma equipe de captura se deslocou até o enderenço informado na denúncia, onde constatou a veracidade do fato.

Foram apreendidas 32 pedras de crack prontas para a comercialização, uma porção de maconha, uma balança de precisão e a quantia de R$ 110. Dando continuidade na ação, só que dessa vez em outra residência de propriedade de Negão, na Vila Recanto da Paz, a polícia conseguiu apreender 1,6 kg de maconha prensada que estavam armazenadas em um freezer. Já na casa de Wendell Seco, a polícia conseguiu localizar cinco pedras de crack. Consequentemente foi dada voz de prisão a dupla que foi encaminhada a delegacia.

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias