SUPERCLÁSSICO

Sampaio Corrêa e Moto Club tem problemas para semifinal

Os treinadores devem fazer mudanças na lateral, meio e ataque das equipes

Em menos de quatro dias, Sampaio e Moto vão se enfrentar duas vezes, ambas pelo segundo turno do Campeonato Maranhense 2017. No primeiro confronto, o Tricolor saiu vitorioso e ainda conseguiu uma classificação milagrosa para as semifinais do returno.
Nesta quinta-feira (20), às 20h15, as duas equipes fazem partida única e quem sair vitorioso disputará a final do segundo turno.
As duas equipes se prepararam bastante, mas tem baixas nos times considerados titulares. Os técnicos, Francisco Diá (Sampaio Corrêa) e Marcinho Guerreiro (Moto Club) vão ter problemas para escalarem os jogadores.


Moto club perde lateral e pode ter mais mudanças
Pelo pado do Papão do Norte, Marcinho não terá o ala-esquerda Lorran, que está machucado. O seu substituto imediato seria Chico Bala, mas cumpre suspensão automática por ter sido expulso no último Superclássico. Dessa forma, Alex Cazumba deve fazer sua estreia na equipe rubro-negra.
Além dessa mudança, outras podem acontecer, mas por opção técnica.
Desde que Marcinho assumiu o time, a escalação ainda não tinha sido alterada, mas para essa importante partida, o meia Válber e o atacante Vinícius Paquetá poderão retornar ao time titular. Caso sejam confirmados, o time que pode entrar em campo deve ser: Márcio Arantes; Tote, Michel, Laerte e Alex Cazumba; Felipe Dias, Rafael Santos, Jerson e Válber; Toni Galego e Vinícius Paquetá. Marcos Paullo e Gênesis pode fincar como opção no banco de reservas.

Sampaio perde dupla de volantes por suspensão
Pelo lado tricolor, Francisco Diá terá que remontar o meio-campo, pois os volantes Diego Valderrama e Diego Silva não enfrentam o Moto Club, no duelo desta quinta-feira. César Sampaio, que seria o substituto de um dos jogadores é dúvida, pois ainda se recupera de um desconforto muscular e será reavaliado.
Uma segunda opção para o treinador seria a entrada do meia Felipe Costa, com Daniel Barros sendo recuado fazendo a função de marcação. Na outra vaga, os nomes que podem fechar o meio são Alessandro Paraná, Marcelinho e João Vitor, mas a opção por um zagueiro no setor não é descartada.

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias