Um suspeito

Dois estupros foram registrados em quatro dias na UFMA

Estupros registrados na Ufma podem ter sido cometidos pela mesma pessoa, revela delegada que investiga os casos

 

Após dois registros de ocorrências de abusos sexuais registrados na Universidade Federal do Maranhão (Ufma), em menos de quatro dias, a delegada Kazumi Tanaka, Coordenadora das Delegacias da Mulher do Estado, esclareceu alguns pontos sobre as investigações, inclusive que existe a possibilidade de ser o mesmo homem suspeito de violentar as duas vítimas.
Segundo o boletim registrado no 16º Distrito Policial (Vila Embratel), a vítima do crime praticado na sexta-feira (31 de março) é uma jovem de 18 anos, levada por um indivíduo para as proximidades da Concha Acústica da Ufma, onde acontecia a Calourada Geral realizada pelo DCE 17 de Setembro – Gestão “Nada Será Como Antes”. De acordo com a perícia, houve conjunção carnal.
Na segunda-feira (3), o crime de estupro foi praticado contra uma jovem de 25 anos. A estudante foi abordada por um homem armado na parada de ônibus do Paulo Freire. O local estava pouco movimentado.
Segundo a delegada Kazumi, as equipes de captura estão investigando os dois casos. Ainda de acordo com a autoridade policial, é provável que os crimes tenham sido cometidos pelo mesmo homem, devido à proximidade do horário e dos locais em que os atos foram praticados, além das descrições dadas pelas duas vítimas.
Só esse ano, a Delegacia da Mulher já recebeu nove registros de casos de estupros em São Luís. Além dos trabalhos de investigação que estão sendo realizados, serão enviados reforços preventivos ao crime de estupro para a universidade.
Acontecerá também, nos próximos dias, o lançamento do Planejamento Operacional Padrão, que tem como intuito aprofundar e humanizar as investigações desse tipo de crime.

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias