LITERATURA

Felis 2017: Entre livros e conhecimentos

Feira do Livro de São Luís celebra literatura e cultura até o próximo dia 19 de novembro com a presença de 23 convidados nacionais, 10 performances poéticas e outras atrações

Reprodução

A literatura e a cultura maranhenses estão em exposição na 11ª Feira do Livro de São Luís (FeliS), iniciada na noite de sexta-feira (10), no Centro Histórico da capital. Realizada pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado, a feira será um espaço para lançamentos e divulgação de obras e mais uma variedade de atrações. São esperados mais de 200 mil visitantes no evento, que prossegue até dia 19 deste mês, sempre das 10h às 22h.
A parceria das gestões, possibilitando um número maior de atividades, enriquece o evento e proporciona uma experiência mais rica para o público, reforçou o secretário municipal de Cultura (Secult), Marlon Botão que, na ocasião, representou o prefeito Edivaldo Holanda. “A Feira é mais um espaço de inclusão, de acesso ao conhecimento e em defesa de um novo modelo de educação. A FeliS representa a celebração das letras e se consolida como uma das mais destacadas realizações que promovem a educação e a cultura do Maranhão”, afirmou.
O secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão, representou o governador e ressaltou a contribuição do evento para uma educação de qualidade: “A FeliS tem como meta estimular a leitura, possibilitar o acesso aos livros e contribuir para a cultura, o turismo e a economia. Parabenizo o prefeito Edivaldo e o governador Flávio Dino pelas determinações decisivas que garantiram este evento”. “É uma satisfação este evento com vários parceiros. E ainda por homenagear, com todo o reconhecimento e merecimento, a escritora Maria Firmina dos Reis”, acrescentou o secretário.
Além de Camarão, compareceu à feira o secretário de Estado de Igualdade Racial (Seir), Gerson Pinheiro e demais autoridades de Estado. A secretária municipal de Turismo (Setur), Socorro Araújo e outros secretários municipais também estiveram presentes. O presidente da Academia Maranhense de Letras (AML), Benedito Buzar e a reitora da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Nair Portela também prestigiaram o evento.

Programação

A feira terá presença de 23 convidados nacionais, 10 performances poéticas, 60 contações de história, sete espetáculos circenses de rua, sete intervenções artísticas, uma orquestra, nove conferências, palestras, oficinas, minicursos, pockets shows, saraus e musicais. Ainda na programação, espaço Café Literário, espaço infantil, exposições, vendas de livros e de artigos literários – serão 56 lançamentos de livros. A estrutura do evento é composta por 22 espaços com atrações, 54 estandes para livreiros, sebos e instituições parceiras, e três auditórios para debates e conferências.

MOSTRAR MAIS