Maranhão

Escolas do Maranhão receberão cursos técnicos em agronegócios

A ideia é fazer com que as aulas sejam dadas nos fins de semana e que estimulem o desenvolvimento tecnológico e rural do setor

As escolas estaduais passarão a receber cursos técnicos em agronegócios. A decisão foi tomada durante uma reunião entre os presidentes de Federações de Agricultura e Pecuária da região Nordeste com o governador Flávio Dino, no Palácio dos Leões, para firmar parcerias e discutir políticas de agronegócios no Brasil.

Na ocasião, o Governo do Maranhão e o Senar assinaram convênio para que seja desenvolvido no estado o programa da Rede E-Tec Senar (Curso Técnico em Agronegócio).

“O convênio que nós assinamos hoje é para que haja uma parceria em que o Senar entra com o conhecimento e com os instrutores e as escolas da rede estadual serão utilizadas para receber esses cursos”, explicou.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, disse que esse convênio contempla os dois principais pilares de desenvolvimento defendidos pelo governador Flávio Dino: educação e produção. “Essa parceria é importante para que nossas escolas possam ser utilizadas nos finais de semana e feriados, sem atrapalhar o normal andamento das aulas, possibilitar o ensino tecnológico e rural para cidades que tanto precisam e com isso a gente vai aumentar a produtividade e a capacidade de trabalho dos nossos cidadãos”, enfatizou.

O presidente da CNA, João Martins, disse que a visita de cortesia ao governador Flávio Dino faz parte da programação coordenada pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema) e tem como ponto alto a 24ª reunião da diretoria da Confederação, que traz como pauta principal assuntos internos do sistema CNA/ Senar. Durante a reunião, o presidente relatou que visitou o Porto do Itaqui e elogiou a estrutura do local, importante vetor do desenvolvimento econômico maranhense.

 

Ainda não foi divulgada a data para que os cursos comecei a ser oferecidos nas escolas estaduais de todo o Maranhão.