América Latina

Mexicanos voltam a protestar contra o preço da gasolina

As manifestações acontecem um dia após a polícia enfrentar um protesto para liberar uma passagem de trem na fronteira com os EUA que estava bloqueada pelos manifestantes.

Por: Estado de Minas
Foto: Mexicanos protestam

Milhares de pessoas voltaram a ocupar as ruas da capital do México para protestar contra o aumento de 20% dos preços da gasolina, que foi efetivado no início do ano.

As manifestações acontecem um dia após a polícia de Sonora enfrentar um protesto de três horas para liberar uma passagem de trem na fronteira com os Estados Unidos que estava bloqueada pelos manifestantes. O confronto deixou ao menos dois policiais feridos. Duas pessoas foram presas.

Vídeos divulgados pela mídia local mostra policiais disparando escopetas – armas comumente utilizadas para atirar balas de borracha – aos manifestantes, que revidavam com pedras.

O governo afirmou que onze comboios de trem com cerca de mil vagões de mercadoria que tinham destino aos Estados Unidos foram atrasados pelo protesto. O bloqueio ameaçou interromper temporariamente a produção de uma fábrica da Ford em Hermosillo.

Na segunda-feira, o presidente Enrique Pena Nieto se reuniu com representantes de trabalhadores e empresários para discutir a suavização da alta dos preços do combustível sobre as famílias do país.

Poucas horas depois da reunião, milhares de pessoas marcharam na principal avenida da Cidade do México para pedir a renúncia do presidente. Um boneco de Pena Nieto foi queimada junto a do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

Assis Filho toma posse de secretaria

Francisco de Assis Filho teve seus bens bloqueados em investigação de um suposto esquema de funcionários fantasmas

Trump dispara contra OTAN e UE

Presidente eleito dos Estados Unidos também acredita que mais países sairão da União Europeia

Setor hoteleiro está otimista

Praias limpas e as mais de 200 rotas áreas que chegam ao Maranhão animam donos de hotéis

Maranhão com mais 7 defensores públicos

Mais de 4 milhões de maranhenses são atendidos pela Defensoria Pública Estadual (DPE)

Acidente mata cinco pessoas na BR-010 sendo três crianças

A PRF culpou a má condição da rodovia pelo acidente

Ferrovias seriam solução para o Itaqui, diz especialista

Com transporte ferroviário os custos de logística poderiam cair 38% por tonelada

Projeto incentiva o cultivo de sururu em Bequimão

Mais de 30 habitantes do povoado já foram capacitados no manejo e cultivo de moluscos

Municípios maranhenses receberão ônibus escolares

Os veículos foram adquiridos em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e serão doados às prefeituras

SENAI abre vagas para curso grátis

O objetivo foi formar mão de obra qualificada, que possa ser empregada pela própria concessionária ou por empresas parceiras que atuam em suas obras

Obra da Odebrecht em 'Paço' é embargada

Segundo a prefeitura, a obra estava sendo executada sem sem solicitação à prefeitura, sem apresentação de projetos e sem pagamento de tributos

VEJA MAIS