PRECOCE

Síndrome rara: filho de Zé Vaqueiro morre aos onze meses

Entenda o que é a Síndrome de Patau, que tirou a vida da criança

Reprodução

Nesta terça-feira (9), o cantor Zé Vaqueiro e sua esposa — a influenciadora Ingra Soares — anunciaram nas redes sociais o falecimento do filho Arthur, com apenas 11 meses de vida. Arthur sofria de síndrome de Patau, uma condição genética rara que afeta o desenvolvimento do sistema nervoso e outros órgãos.

Desde o nascimento, Arthur enfrentou desafios — passando a maior parte do tempo de vida nos cuidados médicos. No último mês de junho, o bebê passou por uma traqueostomia para melhorar a respiração, após meses de internação desde o nascimento.

A criança permaneceu na UTI após o nascimento até o último mês de maio. Um dia depois, Arthur voltou ao hospital, após sofrer uma parada cardíaca.

No mês de maio, Ingra Soares compartilhou a angústia e a força necessária para lidar com a síndrome de Patau, destacando os desafios emocionais e físicos enfrentados por famílias que lidam com condições genéticas raras. (Mais após a imagem)

Criança com a Síndrome de Patau: má formação no rosto é uma das principais características provocadas pelo problema. Créditos – Reprodução

Arthur nasceu em julho de 2023 e sua condição de saúde trouxe à tona questões profundas sobre o impacto e os desafios associados à síndrome de Patau, que incluem malformações faciais, cardíacas e neurológicas.

“Deus sabe de todas as coisas, e decidiu que era hora do nosso Arthur se juntar a Ele e descansar”, afirmou a família em comunicado emocionado.

Uma doença genética, a síndrome de Patau se caracterizada pela presença de um cromossomo a mais — o que provoca má formações no rosto e nos membros, bem como nos sistemas nervoso, cardíaco e urinário.

Bebês com síndrome de Patau nascem com baixo peso e uma série de alterações fisiológicas e malformações. A microcefalia também é consequência em alguns casos.

Não há um tratamento específico para o problema. Geralmente, é oferecido suporte para que a criança com o problema receba todo o conforto possível.

A Síndrome de Patau pode ser detectada através de um teste de triagem pré-natal não invasivo (NPIT). Dentre outros problemas, o teste pode constatar a trissomia 13 — causadora síndrome de Patau. O exame é feito colhendo uma mostra do sangue materno por volta das 9 ou 10 semanas de gestação.

A Síndrome de Patau pode provocar:

  • Malformação no coração
  • Malformação no sistema nervoso
  • Alterações nas faces e lábio leporino (separação do lábio superior);
  • Malformação nos rins
  • Problemas respiratórios
  • Micro ou anolftalmia (olhos pequenos ou ausência de olhos)
  • Defeitos abdominais
  • fenda palatina (abertura no palato, o céu da boca);
  • testa inclinada;
  • orelhas pequenas malformadas e surdez;
  • anoftalmia ou microftalmia (ausência de um olho ou olho muito pequeno);
  • micrognatia (malformação na região do queixo);
  • holoprosencefalia alobar (malformação cerebral);
  • polidactilia pós-axial (um dedo a mais). 
VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias