festa azul

Cruzeiro é campeão da Série B com seis rodadas de antecedência

O time celeste teve a confirmação matemática da conquista graças às derrotas do Grêmio, para o Sampaio Corrêa, e do Bahia para a Chapecoense.

Torcida cruzeirense está em festa pela conquista antecipada do título. (Foto: Divulgação/Marcos Vieira/Estado de Minas)

Era questão de tempo, mas o Cruzeiro conquistou nesta sexta-feira (30), com seis rodadas de antecedência, o título da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022. Mesmo sem entrar em campo, o time celeste teve a confirmação matemática da conquista graças às derrotas do Grêmio, vice-líder, para o Sampaio Corrêa , e do Bahia, terceiro colocado, para a Chapecoense.

Com 71 pontos, o Cruzeiro não pode mais ser alcançado na classificação. Dias depois de confirmar o acesso à Série A em 2023, o time de Paulo Pezzolano festeja agora o título com 21 vitórias, oito empates e apenas três derrotas.

O aproveitamento geral após 32 rodadas é de 74%.

Com o revés para o Sampaio Corrêa por 2 a 1, no Maranhão, o Grêmio estacionou nos 53 pontos. Ainda que possa chegar aos 71, o Tricolor Gaúcho não tem condição de igualar a Raposa no número de vitórias (21 a 14) nas seis rodadas finais.

O Bahia, por sua vez, perdeu de virada para a Chapecoense, por 2 a 1, na Arena Condá, em Chapecó, e ficou com 52 pontos. Os gols de Thomás e Willian Popp para o time catarinense asseguraram a conquista do Cruzeiro na Segundona.

Com o título confirmado matematicamente, o Cruzeiro poderá fazer a festa com sua torcida na próxima quarta-feira, a partir das 21h30, diante do Ituano, no Mineirão. Mais de 60 mil pessoas são esperadas na Pampulha para a festa do campeão.

A motivação do Cruzeiro até o fim da Série B passa a ser a quebra de recordes.

Nesta edição, o clube já assegurou quatro: o campeão com maior antecedência, na 32ª rodada; o acesso com maior antecedência; a maior média de público como mandante; e a maior série invicta da história dos pontos corridos (formato adotado em 2006).

Há pelo menos outros seis recordes que o Cruzeiro mira daqui até o fim da competição.

O time celeste ainda busca a melhor campanha da história da Série B por pontos corridos (85 pontos), a melhor campanha como mandante (50 pontos), a melhor defesa (21 gols sofridos), o maior número de vitórias (25), o menor número de derrotas (três) e a maior diferença entre campeão e vice (17 pontos).

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias