ERVA DANINHA

Três homens são presos por cultivo de maconha e porte ilegal de armas, na Baixada maranhense

Terreno que já estava preparado para receber mais de 2 mil pés de maconha foi completamente queimado.

Plantação de maconha é destruída em Pedro do Rosário. (Foto: Divulgação/PM-MA)

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu três pessoas pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de ama de fogo, durante a madrugada desta quinta-feira (4), no município de Pedro do Rosário, região da Baixada Maranhense.

Segundo denúncias recebidas pelo 10° Batalhão de Polícia Militar de Pinheiro, dois homens mantinham uma plantação de maconha nos fundos de uma propriedade, no povoado Encruza.

A Polícia Militar foi acionada e foi até o local na quarta-feira (3) e confirmou as informações. O povoado foi cercado pelos militares e as residências dos suspeitos foram revistadas.

Durante a ação da polícia, outro suspeito, morador da cidade de Viana e um dos sócios da plantação, foi surpreendido. Ele deixou de lado uma espingarda que carregava e entrou em uma área de matagal, impedindo que os policiais o localizassem.

Apreensões

Nas buscas, foram encontradas 31 pedras de crack e uma espingarda tipo bate-bucha na casa de um dos suspeitos. Já na casa de outro, foi apreendida outra espingarda.

Parte da erva apreendida na propriedade de um dos suspeitos. (Foto: Divulgação/PM-MA)

Na plantação, a polícia encontrou um casebre que abrigava o suspeito que fugiu. Nela foram apreendidos uma sacola com maconha pronta para o uso e um saco de sementes da erva.

A área cultivada da erva, que já estava com porte médio, foi completamente arrancada e queimada junto com o casebre. Uma porção da erva in natura foi levada pela polícia para servir de prova do crime.

De acordo com a polícia, o terreno tinha preparo para receber mais de 2 mil pés de maconha. Após o recolhimento do material, os presos foram apresentados ao sistema judiciário.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias