Série D

Moto Club pede e CBF antecipa segundo jogo

O horário também mudou e passa das 17h para as 19h no mesmo local.

Júlio César comandou treinos secretos e fará mudanças no Moto Club. (Foto: Reprodução)

A segunda partida entre Moto e América-RN, que estava programada para o domingo (14) foi antecipada para sábado (13), no Estádio Castelão. O horário também mudou e passa das 17 para as 19h no mesmo local.

O confronto é válido pelas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, em sistema mata-mata.

A mudança atendeu a um pedido feito pelo clube maranhense, que alegou não ser o Dia dos Pais, provavelmente, uma data propícia, dada às comemorações prolongadas. Entende a  diretoria motense que no início da noite  de sábado, quando comércio e indústria já liberou seus funcionários, haverá maior afluência de público.

A entidade nacional analisou o pedido motense, e não vendo nenhum pretexto para negar a antecipação, resolveu atendê-lo. A comunicação foi oficialmente nesta quinta-feira.

Viagem  

A delegação deixa São Luís nesta sexta-feira com destino ao Rio Grande do Norte, inicialmente por via aérea até Recife-PE, para depois seguir de ônibus num percurso de 289 km até Natal, capital potiguar.

A viagem normalmente é feita com duração de quatro ou cinco horas. Por isso, não haverá tempo para mais nenhuma movimentação com bola até o início do jogo, que está marcado para as 16h, na Arena das Dunas.

O técnico Júlio César Nunes, que costumeiramente vinha divulgando a formação inicial com antecedência, desta vez fez mistério na definição de duas posições.

Na zaga, no último treino apareceu Anderson Cearense no lugar de Dedé e uma dúvida quanto a presença de Eliomar ou Emerson Nike no meio de campo e ataque. Dificilmente Dagson começará jogando e o mais provável é a entrada de Wálace Lima.

As dúvidas fazem parte de uma indefinição sobre o sistema de jogo a ser adotado.  Se a opção for o 4-3-3, Nike pode ser o preferido, retornando Ronald para o setor de armação, mas em caso do 4-4-2, Eliomar começa jogando e a dupla de ataque  será composta por Zé Mário e Wállace, ou Nike.

Antes da viagem, o técnico Júlio César  falou sobre a dificuldade projetada para enfrentar o América em seus domínios com a presença de mais de 20 mil torcedores. 

“Temos observado a forma como vem jogando o América, momentos  defensivos e ofensivos, características individuais, alguns atletas que atuam  lá e que já trabalharam comigo em outros clubes e a gente está muito confiante. O grupo está preparado para esse jogo. Antes, por ser um time maior, o Moto tinha maior responsabilidade de passar pelo primeiro  adversário. Agora, o América já divide também este peso, pois joga em casa com a torcida pressionando e à medida que os gols não acontecerem haverá cobrança, então vamos utilizar alguns detalhes  na definição da nossa estratégia para fazer um grande jogo lá”.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias