Em Estreito

Homem suspeito de matar pastor em restaurante é preso

O pastor Gilson Souza Morais foi assassinado com um golpe de faca.

O homicídio aconteceu em um restaurante, na cidade de Estreito. (Foto: Reprodução)

Nessa sexta-feira (13), o suspeito de assassinar um pastor na cidade de Estreito foi preso. O homicídio aconteceu horas antes da prisão, em um restaurante, próximo à Avenida Tancredo Neves, no Centro.

O pastor Gilson Souza Morais foi assassinado com um golpe de faca e morreu no local. Ele morava na cidade de Porto Franco e estava viajando com a esposa e uma filha, além de uma mulher que estava em processo de separação e acompanhava sua família.

O grupo parou para almoçar em uma barraca de venda de comida em Estreito quando o ex-marido da mulher tentou agredir a ex-companheira. Ao tentar impedir a agressão, o pastor levou uma facada no peito e morreu na frente da esposa e da filha.

O suspeito fugiu a pé e imagens de câmeras de segurança flagraram parte da fuga. Ele foi preso no fim da tarde pela Polícia Militar do Tocantins.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias