FENÔMENO COMUM

Nuvem de poeira vinda do Saara se aproxima do litoral de São Luís

Fenômeno é considerado comum por cientistas.

Nuvem está próxima da costa do nordeste. (Foto: Adam Platform)

Uma nuvem de areia vinda do deserto do Saara se aproxima da costa brasileira, especialmente no nordeste, com possibilidade de chegada ao litoral de São Luís. Os registros dos sensores de detecção são feitos pelo Serviço de Monitoramento Atmosférico Copernicus da União Europeia.

A informação é da NOAA, a Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos. A nuvem de partículas se encontra na atmosfera sobre o Oceano Atlântico, já perto da costa do Nordeste do Brasil. O transporte de areia do deserto africano deve continuar nos próximos dias e vai alcançar as áreas continentais da América do Sul e do Caribe.

Fenômeno comum

A pluma de areia saariana, como é chamada a nuvem de poeira, não é novidade, ocorrendo especialmente no final da primavera ao início do outono no Hemisfério Norte. De acordo com o tamanho e a força dos ventos, a poeira pode viajar milhares de quilômetros. A principal característica dessa nuvem é o ar extremamente seco.

Segundo um estudo a partir de dados da NASA, a poeira do Saara é benéfica para a floresta amazônica, servindo de “alimento” para a floresta tropical, já que contém nutrientes como o fósforo, que são levados pela chuva para riachos e rios.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias