MARANHENSE NO UFC

Estreia de Caio Borralho é adiada para janeiro

Inicialmente, o maranhense enfrentaria o americano e peso médio Dustin Stoltzforth, no dia 18 de dezembro.

Caio Borralho pensa somente na vitória e manter a invencibilidade que defende desde 2015. (Foto: Reprodução/UFC)

A luta de Caio Borralho no UFC (Ultimate Fighting Championship) foi adiada. Inicialmente, o maranhense enfrentaria o americano e peso médio, Dustin Stoltzforth, no dia 18 de dezembro, porém, segundo a equipe do lutador, o maranhense vai lutar contra o americano Jamie Pickett.

Sobre a expectativa da luta que será realizada em janeiro, Caio Borralho pensa somente na vitória e manter a invencibilidade que defende desde 2015.

“A expectativa é de mais uma vitória e continuar o caminho de 10 lutas invicto desde 2015. Tomara que Deus esteja me abençoando com mais um nocaute ou finalização para essa luta. Estou atrás do bônus do UFC de 50 mil dólares, mas a vitória é o que mais importa”.

Ainda de acordo com a equipe do lutador, o combate está previsto para ser realizado no dia 15 de janeiro do próximo ano. Portanto, a viagem de Caio aos Estados Unidos foi adiada para o dia 25 deste mês.

O maranhense tem treinado muito para esta luta, e conseguiu isso depois de mostrar eficiência contra o Jesse Muray, em outubro deste ano. Antes disso, Borralho havia derrotado Aaron Jeffrey por pontos. Porém, naquela época, ele não assinou contrato com o UFC, que foi firmado posteriormente.

Após chegar aos Estados Unidos, Caio deve passar por uma série de testes de preparo físico e treinamentos até a pesagem às vésperas da luta.

3 perguntas // Caio Borralho

  • Qual legado você quer deixar no UFC?
    “Quero deixar o legado do atleta mais inteligente que já pisou naquele octógono. Quero me testar contra os melhores e ser campeão do mundo. Mostrar que quem não desiste, alcança o que quiser”
  • Quais são as informações que você já tem do seu adversário?
    “Assistir as últimas sete lutas dele. Adversário perigoso e grande. Com a canhota bem perigosa também. Nice de chão e luta livre a desejar e é nesta área que irei me sobressair”.
  • Qual recado você deixa para a população maranhense que irá te acompanhar?
    “Que esperem um maranhense aguerrido e inteligente em cima do octógono. Mostrar pra todos que o Maranhão pode chegar ao topo do mundo e que sou somente mais um maranhense sonhador que nunca desistiu. Dia 15 de janeiro será mais um grande show”.
VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias