GREVE

Transporte público será paralisado nesta quinta (21) em São Luís, afirma Sindicato

Rodoviários mantém movimento grevista apesar da decisão judicial em contrário

Segundo a juíza, houve abuso no exercício de um direito por parte do sindicato dos trabalhadores e o que tem que prevalecer é a lei. (Foto: Divulgação)

Em nota divulgada na noite desta quarta-feira (20), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão confirmou que manterá o movimento grevista marcado para esta quinta-feira (21) em São Luís, apesar da decisão judicial em contrário.

A greve será deflagrada por período indeterminado, ou até que o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) apresente uma proposta convincente aos trabalhadores do transporte coletivo da capital.

A categoria reivindica itens como reajuste de 13% nos salários, jornadas de trabalho reduzidas para 6 horas, tíquete alimentação no valor de R$ 800,00, manutenção do plano de saúde e outras pautas.

Leia também: Rodoviários de São Luís anunciam greve por tempo indeterminado

Apesar de duas rodadas anteriores de negociação, o Sttrema afirma que as contrapropostas oferecidas pelos empresários não foram decentes. Na última quarta-feira (13), foi realizada uma Assembleia Geral com os trabalhadores rodoviários, que decidiram por manter a greve nesta quarta-feira (21).

Justiça determinou circulação da frota

A Prefeitura de São Luís garantiu, nesta terça-feira (19) que 90% da frota do transporte público na cidade deve circular, após o movimento de paralisação anunciado pela categoria. A decisão liminar foi proferida pela desembargadora federal do Trabalho, Ilka Esdra Silva Araújo.

Em caso de descumprimento das medidas, a Justiça do Trabalho estabeleceu multa diária de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao STTREMA e ao SET.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias