RETORNO

Há cinco dias em greve, funcionários da Autoviária Matos voltam ao trabalho

As negociações intensas chegaram ao fim com um acordo entre as duas partes

(Foto: Divulgação)

Depois de cinco dias de paralisação, uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (18) deu fim à greve dos rodoviários da Autoviária Matos, empresa de transporte coletivo de São Luís, iniciada na última quinta-feira (14).

Segundo o Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Marcelo Brito, após encontro com representantes dos sindicatos presentes na garagem da empresa, as negociações chegaram ao fim com um acordo entre as duas partes.

Os os motoristas e cobradores estavam com salários atrasados e ticket de alimentação pendentes, motivos que levaram à total paralisação dos serviços e transtornos aos usuários do transporte coletivo na capital.

Leia também: Rodoviários de São Luís anunciam greve por tempo indeterminado

Segundo informações do Sindicado dos Rodoviários, a greve foi encerrada assim que a proposta foi aceita. O representante da empresa Matos se comprometeu em quitar os salários atrasados e o ticket alimentação ainda nesta segunda-feira (18).

Também ficou estabelecido que todos os débitos em aberto serão quitados a partir de hoje, e o restante será pago até o final das próximas semanas.

“Tivemos durante cinco dias apoiando os trabalhadores da empresa Matos em reivindicação aos seus salários atrasados, os funcionários da empresa estavam sendo massacrados pelo patrão, um total desrespeito e injustiça contra nossa classe, depois de dias parados, conseguimos avançar nas negociações, os funcionários terão seus salários pagos, depois de muita luta e persistência”, declarou Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Estado do Maranhão.

Os ônibus voltaram a circular na Grande ilha, com os trabalhadores do turno vespertino dando seguimento às suas atividades, e a greve suspensa oficialmente.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias