Futebol internacional

Conheça os atletas maranhenses que jogam na Europa

Jogadores do Maranhão saem do estado cada vez mais cedo para tentar emplacar fora do Brasil.

Marcos André (atacante), Thiago Mendes (volante), Wenderson Galeno (atacante), Carlos Vinícius (atacante), Lourency (atacante) e Pablo Castro (zagueiro).

É notável que com a globalização e a consequente interação dos países, muitos jogadores brasileiros aventuram-se pelo mundo da bola em diversos países, não é diferente com jogadores que nasceram no Maranhão. O futebol maranhense sempre foi rico no surgimento de bons jogadores e assim pode ser visto em diversos países: Espanha, França, Portugal, Holanda, Turquia e Rússia. Mas essa migração de atletas maranhenses para a Europa começou na década de 90 com os “Marabelgas”, jogadores que saíam do estado rumo a Bélgica. O mais famoso deles foi Oliveira, que chegou a se naturalizar belga.

Nossos jogadores saem cada vez mais cedo e acabam não obtendo identidade, com o nosso país e o nosso futebol. Com a saída cada vez mais cedo dos jogadores, quem acaba ganhando com isso é o futebol europeu, que possui mais condições financeiras.

Nesta segunda-feira (18), vamos para o penúltimo episódio da nossa série de reportagens mostrando os jogadores maranhenses que disputam os principais campeonatos do país e do mundo. Na matéria de hoje, iremos falar sobre jogadores maranhenses que atuam no futebol internacional, mas precisamente no futebol europeu.

Marcos André (atacante)

Apesar de ter nascido em São Luís, foi criado em Coroatá (MA), e iniciou sua carreira no Sobradinho, do Distrito Federal, em 2014. Passou também pelo Araguaína (TO), antes de se mudar para o interior de São Paulo, onde defendeu o Guaratinguetá. No entanto, sua carreira profissional, não começou no Brasil. Em 2015, realizou um teste no Celta de Vigo, da Espanha, onde acabou sendo aprovado e assinou um contrato de dois anos, sendo inicialmente para a equipe B. Em outubro de 2015, foi emprestado ao Órdenes até o final da temporada, onde atuou regularmente. Em julho de 2017, teve seu empréstimo renovado por mais dois anos, indo atuar na equipe Logrones (Espanha), onde marcou 11 gols na temporada de 2017/2018 e 10 na temporada seguinte, ajudando a equipe a chegar nos playoffs. Em julho de 2019, assinou contrato por quatro temporadas com Real Valladolid, após o rebaixamento do clube em 2021, resolveu mudar de clube. Atualmente tem 24 anos e atual no Valencia da Espanha.

Thiago Mendes (volante)

Nascido em São Luís, desde dos 11 anos de idade foi para Goiás em busca do sonho de se tornar jogador de futebol. Iniciou sua carreira nas categorias de base do Goiás, foi relacionado pela primeira vez como titular no Brasileirão de 2010, contra o Corinthians. Sua estreia na equipe profissional foi na Série B, na derrota por 3-0 contra a Portuguesa. Em 2012, se firmou e conseguiu ter uma sequência na equipe principal, eleito a revelação do campeonato estadual de Goiás. Em 2013, fez 48 partidas e dois gols, mantendo assim bom desempenho por dois anos consecutivos. Em 2014, transferiu-se para o São Paulo com um contrato válido por cinco temporadas. No ano seguinte, conseguiu se destacar e foi convocado pela Seleção Brasileira e completou 100 jogos com a camisa do tricolor paulista. No ano de 2017, foi para o Lille, da França. Atualmente tem 29 anos e atua no Lyon da França.

Wenderson Galeno (atacante)

Nascido em Barra do Corda, saiu de casa aos 14 anos, e em 2014 se mudou para Goiás, indo jogar no Trindade. Ele fez sua estreia profissional, em 2016, contra o Anapolina, pelo campeonato Goiano. Terminou a temporada com 5 gols em 10 partidas, sendo eleito a revelação do campeonato. No mesmo ano, assinou contrato com o Grêmio Anápolis, mas não atuou em nenhum jogo. Em junho de 2016, foi contratado pelo Porto, atuando de inicio pela equipe B, fez sua estreia pela equipe principal, em 7 de agosto, fez mais dois jogos durante a temporada. Foi emprestado para o Portimonense, atuou em somente sete partidas e regressou para o Porto. Em julho de 2018, teve seu primeiro destaque no futebol europeu, atuando pelo Rio Ave, atuou em 33 jogos e marcou seis gols. Atualmente tem 23 anos e atua no Braga de Portugal.

Carlos Vinícius (atacante)

Natural de Bom Jesus da Selva, chegou à base do Santos em 2012, aos 17 anos, onde atuou na zaga e meio campo. Dois anos depois transferiu-se para o Palmeiras, Lá, por convite do técnico Marcos Valadares, o jogador de 1,90m de altura passou a atuar no ataque. Surpreendentemente, em menos de dois meses, Carlos se adaptou ao posto de centroavante e rapidamente virou titular. No início de 2016, assinou contrato com a Caldense, aonde não teve muitas oportunidades e estava prestes a desistir do futebol antes de sua vida mudar completamente. Aos 22 anos, Vinicius rumou a Portugal para atuar no Real Sport, da segunda divisão portuguesa na época. Em 37 jogos, marcou 19 gols. Em 17 de janeiro de 2018, Carlos Vinícius foi contratado pelo Napoli, da Itália, onde foi relacionado a dois amistosos de pré-temporada fez um gol, mas não estreou por jogos oficiais. Em 2018, pelo Rio Ave, fez 14 gols em 20 partidas, sendo um dos artilheiros do clube no período. Com boas atuações na liga portuguesa, em 30 de janeiro de 2019, Carlos Vinícius juntou-se ao Mônaco para a disputa da liga francesa, em um contrato de empréstimo de seis meses. Ajudou o clube a evitar rebaixamento, marcando 2 gols em 16 partidas. Em julho de 2019, assinou um contrato de cinco anos com o Benfica, clube no qual teve bastante destaque, fazendo 24 gols em 50 jogos. Foi emprestado para o Tottenham, teve pouco espaço e regressou para o Benfica. Atualmente tem 26 anos e atua pelo PSV da Holanda.

Lourency (atacante)

Nascido em Imperatriz, começou sua carreira na categoria de base, do JV Lideral em 2008, aos 12 anos.  Após um curto período de empréstimo no Sabiá, ele ingressou no Internacional em 2014. Lourency mudou-se para a Chapecoense em 2015, depois de ser pouco utilizada no Inter. Inicialmente designado para os sub-20, ele fez sua estreia na equipe em 30 de janeiro de 2016, entrando como substituto de Ananias na vitória por 2 a 1 do Campeonato Catarinense em casa contra o Internacional de Lages. O atacante maranhense fez sua estreia na Série A, em 15 de maio de 2016, novamente substituindo Ananias no empate em 0-0 fora de casa contra o ex-clube Internacional.  Em 16 de setembro, ele marcou seu primeiro gol profissional, vencendo por 2 a 1 no Fluminense. Lourency não estava a bordo do infeliz voo 2933 da LaMia Airlines, que caiu em 28 de novembro de 2016 e matou 19 de seus companheiros.  Após o acidente, foi emprestado para o Vila Nova e Brasil de Pelotas, sem obter destaque em nenhum dos dois clubes. Em 2019, foi vendido para o Gil Vicente. Atualmente tem 25 anos e atual no Goztepe da Turquia.

Pablo Castro (zagueiro)

Nascido em São Luís, desde cedo foi em busca do seu sonho de se tornar jogador de futebol, indo para o estado do Ceará. Destaque nas categorias de base do Ceará desde jovem, Pablo foi trazido do Ferroviário. Ficou conhecido principalmente por sua agilidade, considerada rápida para um zagueiro de sua estatura. Chegou aos profissionais da equipe no ano de 2010, aos 18 anos de idade, com o status de promessa do futebol do estado. No ano de 2011, realizou um começo de temporada regular na equipe cearense, sendo emprestado ao Tiradentes, clube ao qual adquiriu muita experiência. Em 2012, foi contratado pelo Grêmio, não conseguindo desempenhar um bom futebol. Após ser pouco aproveitado pelo Grêmio, transferiu-se para o Avaí, conseguindo levar a equipe catarinense para o Campeonato Brasileiro da Série A. No fim de agosto de 2015, foi contratado pelo Bordeaux, após dois anos (em 2017) o clube francês o emprestou para o Corinthians, em novembro do mesmo ano, acabou regressando para o Bordeaux. Atualmente tem 30 anos e atua no Lokomotiv da Rússia.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias