CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
BRASILEIRO

Com pênalti perdido no 2º tempo, Sampaio empata com Fantasma

Empate impede o Tricolor de se aproximar do G4 na Série B

Foto: John Tavares/Sampaio

Num jogo em que o número de pipas (papagaio) caídas no gramado foi superior à quantidade de oportunidades concretas de gols criadas pelas duas equipes, Sampaio Corrêa e Operário-PR empataram por 0 a 0 na tarde deste sábado no Castelão. O resultado foi ruim para as duas equipes, que ficaram mais distanciadas dos quatro primeiros colocados na Série B do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor terminou o jogo no sétimo lugar, com 33 pontos, mas pode cair desta posição após a conclusão da rodada. No Rio de Janeiro, o Botafogo assumiu a vice-liderança ao golear o Londrina-PR por 4 a 0. O líder éo Coritiba com 45. CRB e Goiás jogam a partir das 21h em Maceió.

No primeiro tempo, o Sampaio foi impetuoso nos primeiros minutos. Após várias investidas que forçaram a defesa do time visitante ceder dois escanteios, o atacante Pimentinha fez jogada individual e bateu rasteiro, no canto esquerdo, mas o goleiro Simão praticou boa defesa e desviou a bola pela linha de fundo.

O Operário-PR, no entanto, aos poucos foi equilibrando as ações ao apertar a marcação e deixar pouco espaço para novas jogadas ofensivas do Tricolor. Aos 20 minutos, o atacante Paulo Sérgio recebeu na direita, tinha boa visão do gol, mas bateu pelo alto, sem direção. Novamente ele (Paulo Sérgio) cruzou da direita, cinco minutos depois, para cabeçada perigosa de Marcelo, que raspou o poste direito do goleiro Luís Daniel.

Após a parada técnica para reidratação, o Operário voltou ainda mais aplicado na marcação. Seu ataque, muito retraído, no entanto, levava pouco perigo. O Sampaio, com poucas alternativas de jogo ofensivo, não obrigou o goleiro Simão a fazer mais nenhuma defesa difícil.

Na segunda etapa o Sampaio voltou disposto, com a entrada do atacante Diego Cardoso no lugar de Jackson, mas a marcação do Fantasma continuou eficiente. Aos 9 minutos o goleiro Simão perdeu o controle da bola recuada pela defesa e derrubou Diego Cardoso na área. Penalti batido por Nádson para fora.

O jogo seguiu amarrado e o que mais chamava a atenção era o número de “papagaios” caindo no gramado (9). Aos 29 minutos a jogada mais perigosa do Operário, com Djalma Silva, num chute de fora da área, forte, que o goleiro Luís Daniel espalmou.

Nos minutos finais, o Sampaio tentou de todas as formas furar o bloqueio defensivo, porém, de forma desordenada. Não conseguiu movimentar o placar.

O próximo jogo do Tricolor será no dia 17 (sexta-feira) em Aracaju, contra o Confiança. A equipe do Operário vai encarar o Cruzeiro, em Belo Horizonte, um dia antes, quinta-feira.
Os próximos jogos da 24ª rodada, dia 16/9 são: CRB x Vasco; Remo x Avaí e Cruzeiro x Operário. Na sexta (17), Confiança x Sampaio; Brusque x Vitória; Ponte Preta x Guarani; Dia 18, Londrina x CSA; Botafogo x Náutico; Goiás x Brasil-RS

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias