CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
Mãe Sem Vergonha

Maranhense compartilha com seguidores rotina materna

Andréa Expósito lançou um perfil no Instagram chamado Mãe Sem Vergonha, onde compartilha sua experiências durante à maternidade

Reprodução

A maternidade pode ser uma jornada solitária. O sentimento de solidão durante o maternar é algo comum entre mulheres, mas pouco falado. O mesmo acontece com o mito de que a maternidade é só flores. Existem muitos dias de chuva até o arco-íris. Foi quebrando esse silêncio e compartilhando suas experiências durante a maternidade que Andréa Expósito lançou o perfil no Instagram chamado Mãe Sem Vergonha, onde coleciona 19,7 mil seguidores que acompanham sua agitada rotina. “Eu resolvi fazer um perfil que falasse a realidade da experiência materna”, diz ela.

Foto: Arquivo Pessoal

Na bio do perfil, Andréa já afirma de cara que não tem vergonha alguma de falar sobre maternidade. Está ali para dividir experiências e mais que isso: quer somar com outras mães. “Quando eu vi que uma amiga próxima tinha muitas dúvidas e que eu poderia ajudá-la e ajudar outras mães também com as mesmas dúvidas, eu resolvi fazer um Instagram para compartilhar”, conta.

Foto: Arquivo pessoal

Sua vontade ao criar o perfil era contar que ser mãe é um desafio que pode ser lindo, mas não deixa de ser um grande desafio. Com seus altos e baixos e que não há problema algum em falar dos baixos. “Muita coisa é fantasiada, muitas coisas as mães não falam. Só falam a parte boa de ser mãe. A parte desafiadora ninguém quer tocar, é quase um tabu.”, reflete. Sendo mãe de duas meninas, Gabriela, de 2 anos, e Giovanna, de 5, Andréa enfrentou de perto esses desafios, sendo a privação de sono o maior deles. Hoje ela é consultora de sono, além de servidora pública e empreendedora.  

Mesmo querendo ser uma inspiração para outras mães, Andréa não acredita que há uma apenas uma forma de maternar ou uma fórmula pronta. Ela fala sobre acolher as diversas experiências para ter um objetivo em comum: o bem-estar dos pequenos. “Toda mãe tem seu ponto de vista, toda mãe tem sua própria experiência e aqui não cabe ninguém julgar.”, conclui.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias