CORONAVÍRUS

No Maranhão

2783
254182
229576
6783
CRIME

Polícia prende falso médico que atuava em clínicas de São Luís

De acordo com as investigações, o homem usava nome e registro do CRM falsos para atuar em irregularmente em clínicas de vários bairros

Foto: Reprodução PC / MA

Nesta quarta-feira (24), um homem foi preso em flagrante por atuar ilegalmente como médico oftalmologista em clínica do bairro Santa Efigênia, em São Luís. O homem, que não teve identidade revelada, foi preso após denúncias anônimas.

Leia também: Em Imperatriz, homem é preso por agredir a ex-companheira com 15 golpes de faca

De acordo com as investigações, o homem usava nome e registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) falsos para atuar em irregularmente em clínicas nos bairros do Cohatrac, Cohab, Centro e Santa Efigênia. No momento da prisão, o falso médico atendia um paciente.

Na clínica, os policiais apreenderam jalecos e carimbos utilizados pelo suspeito, mas com o nome de outro profissional, além de recibos de consultas, receituários médicos e comprovantes de procedimentos cirúrgicos assinados pelo falso médico. Ele deve responder pelos crimes de exercício ilegal da medicina e estelionato.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde fica à disposição da Justiça.

Confira mais

Reprodução SSP / MA

Policiais militares do 9º BPM apreenderam, nesta terça-feira (23), uma arma de fogo em posse de dois indivíduos, no Bairro de Fátima, em São Luís. A equipe realizava rondas próximo à praça principal do bairro, quando avistaram a dupla com comportamento suspeito, transitando em uma motocicleta sem placa e na contramão da via.

Em seguida, os suspeitos foram interceptados e durante a abordagem foi encontrada a arma de fogo na cintura de um dos envolvidos. A dupla foi apresentada no plantão do Itaqui Bacanga para os procedimentos legais.

Para se manter bem informado sobre o Maranhão acesse oimparcial.com. Siga, também as nossas redes sociais, TwitterInstagram e curta nossa página no Facebook. Tem alguma denúncia para fazer? Entre em contato por meio do nosso WhatsApp (98) 99120-9898.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias