CORONAVÍRUS

No Maranhão

787
55680
29518
1360
UNESCO

Bumba Meu Boi do Maranhão é eleito Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

A Unesco destacou a riqueza presente na manifestação do Maranhão, que é expressada através de 5 sotaques diferentes

O Bumba Meu Boi do Maranhão, manifestação cultural com forte e tradicional presença no estado, acaba de ser reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em reunião realizada nesta terça (10), em Bogotá, na Colômbia.

No Maranhão, o bumba-boi está relacionado à devoção aos santos juninos São João, São Pedro e São Marçal, mas os cultos religiosos afro-brasileiros do Maranhão, como o Tambor de Mina e o Terecô, também estão presentes na celebração. Segundo a tradição, o sincretismo ocorre entre os santos juninos e os orixás, voduns e encantados que requisitam um boi como obrigação espiritual.

Cinco sotaques diferentes marcam o ritmo da brincadeira maranhense: sotaque de matraca, sotaque de orquestra, sotaque da baixada, sotaque de zabumba, sotaque costa de mão.

Em nota, a Unesco destacou a riqueza presente na manifestação do bumba meu boi no Maranhão:

A prática está fortemente carregada de simbolismo: ao reproduzir o ciclo de nascimento, vida e morte, oferece uma metáfora para a própria existência humana. Existem formas de expressão semelhantes em outros estados brasileiros, mas no Maranhão o Bumba Meu Boi se distingue pelos vários estilos e grupos que inclui, bem como pela relação intrínseca entre fé, festa e arte.

O Complexo Cultural do Bumba Meu Boi é o sexto bem brasileiro a integrar a lista internacional. Antes, foram escolhidos:

  • A Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi (2003);
  • O Samba de Roda no Recôncavo Baiano (2005);
  • O Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife (2012);
  • O Círio de Nossa Senhora de Nazaré (2013); e
  • A Roda de Capoeira (2014).

Eram 429 expressões culturais inscritas na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco em 2019.

Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

Considerada a mais importante manifestação da cultura popular do Maranhão, o bumba meu boi tem seu ciclo festivo dividido em quatro etapas: os ensaios, o batismo, as apresentações públicas ou brincadas, e a morte. É vivenciado pelos brincantes ao longo de todo o ano.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) produziu um vídeo de candidatura do Bumba Meu Boi do Maranhão. Confira:

História

A lenda, estima-se, vem do século 18. A versão mais comum dá conta de que Catirina, grávida, sentiu desejo de comer a língua do boi mais precioso da fazenda onde trabalhava. Para satisfazer as vontades da amada, Pai Chico matou o boi – causando a ira de seu patrão. Mas, com ajuda de seres mitológicos, o boi ressuscitou, deixando todos felizes.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias