CADEIRAS VAZIAS

Nenhum deputado do Maranhão compareceu à votação da reforma da Previdência

O novo relatório da reforma da Previdência foi aprovado na quinta (5) com 49 votos. Nenhum deles foi maranhense

Foto: Ilustração

Na última quinta-feira (5), a Comissão Especial da Câmara dos Deputados votou o novo relatório da reforma da Previdência, que foi aprovada 36 votos a favor e 13 contra. Dos 49 membros titulares, dois eram maranhenses – Cléber Verde (PRB) e João Marcelo Souza (MDB) -, e nenhum compareceu.

Segundo o gabinete de Cléber Verde, o político teve que viajar ao Maranhão na véspera da votação. A assessoria ainda não sabe dizer o porquê. A assessoria de João Marcelo Souza informou que o deputado também teve que vir ao estado e, por isso, não pôde participar da votação.

No lugar dos dois deputados, votaram seus respectivos suplentes, Flaviano Melo (MDB-AC) e Lafayette de Andrada (PRB-MG). Ambos votaram a favor do parecer da reforma.

O deputado Bira do Pindaré (PCdoB) era o único maranhense entre os suplentes e também não esteve presente na sessão. Seu titular, Aliel Machado (PSB-PR), foi um dos deputados que votaram contra o texto.

A assessoria de Bira informou que o deputado não compareceu por ter recebido uma diligência da Comissão de Direitos Humanos para acompanhar o presidente, Elder Salomão (PT), na questão das comunidades de Alcântara.

Após a aprovação deste texto da reforma da Previdência, o próximo passo é a discussão e votação no plenário da Câmara em dois turnos. Será aprovada se obtiver, no mínimo, três quintos dos votos favoráveis dos deputados: 308 dos 513. Depois, será encaminhada ao Senado.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias