POLÍTICA

Deputado Adriano Sarney concede medalha João do Vale ao cantor Bruno Shinoda

A maior honraria artística da Assembleia Legislativa do Maranhão foi entregue ao cantor na manhã da última quinta-feira

Reprodução

Uma das maiores maiores honrarias da Assembleia Legislativa do Maranhão, a medalha João do Vale foi concedida ao cantor Bruno Patrício de Abreu Ferreira – conhecido como “Bruno Shinoda” – por solicitação do deputado Adriano (PV). A entrega do prêmio aconteceu na manhã da quinta-feira (7), no Plenário Nagib Haickel, do Palácio Manuel Beckman.

“Uma pessoa que está sempre junto e que engrandece o Maranhão. (…) Esta medalha não é do Adriano, eu tô entregando simbolicamente para você. Mas quem tá lhe dando essa medalha é a Assembleia Legislativa do Maranhão. (…) O estilo de Bruno é o que o povo quer ouvir. O pessoal quer ouvir o ritmo dele e é isso que importa e que nos dá muito orgulho”, discursou o deputado.

A homenagem a Bruno Shinoda proposta pelo deputado Adriano foi aprovada por toda a Casa antes de ser entregue. Ao receber a medalha, o músico agradeceu pelo reconhecimento e cantou, durante a sessão, a música gospel “Noites Traiçoeiras”.

A sessão foi presidida pelo deputado Dr. Yglésio (PDT) e, em seguida, Adriano; e contou com as presenças de Zé de Abreu (PRB), Helena Duailibe (Solidariedade), vereador Genival Alves, representando o presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT), e do gerente executivo do INSS da gerência de São Luís, Cayus Matias.

A medalha ao pesquisador japonês

Na semana passada, o deputado Dr. Yglésio propôs a entrega da medalha Manuel Beckman ao filantropo japonês Yonei Sasawaka – embaixador da Organização Mundial da Saúde responsável por doar R$ 200 milhões para o tratamento de hanseníase -, que esteve em São Luís por alguns dias. Para que fosse entregue antes do retorno do pesquisador ao seu país de origem, a solicitação da homenagem foi feita com caráter de urgência.

A tramitação, porém, foi obstruída pelo próprio deputado Adriano Sarney e por César Pires (PV), por não concordarem com o caráter urgencial da solicitação. “Adriano e César outro dia fizeram o maior escarcéu por conta de uma medalha que eu quis oferecer ao Sr. Sasakawa, (…) mas tudo bem, águas passadas”, publicou Dr. Yglésio, em sua conta do Instagram.

Apesar disto, a solicitação foi aceita a tempo pela Assembleia e o filantropo pôde receber a medalha durante o evento “Encontro Maranhense: Experiência do Maranhão na luta pela redução da carga de hanseníase”, ocorrido no dia 5 no Palácio Henrique de La Roque.

Em abril deste ano, a Assembleia já havia passado por uma situação parecida. Junto ao deputado Neto Evangelista (DEM), Adriano foi autor da homenagem feita a ACM Neto e ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre – ambos do DEM. Esta honraria também foi votada com caráter de urgência e teve apoio do parlamentar do PV.

Até o momento da publicação desta matéria, O Imparcial não obteve retorno da assessoria do deputado Adriano.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias