ELEIÇÕES

Natalino Salgado é eleito reitor da UFMA pela terceira vez

As eleições para a reitoria da UFMA, que aconteceram na quarta-feira (26), revelaram o reeleição do ex-reitor com 49,49% dos votos, encaminhando-o ao terceiro mandato

Natalino se encaminha ao terceiro mandato como reitor da UFMA. Foto: Honório Moreira/O Imparcial

No ano em que decide voltar a ser candidato nas eleições da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado conseguiu obter 49,49% dos votos e foi reeleito ao seu terceiro mandato como reitor, para o período de 2019 até 2023. O vice mais votado foi Alan Kardec, com 32,17%. A votação e a apuração das urnas aconteceram nesta quarta-feira (26).

O segundo mais votado para a reitoria foi João de Deus, com 24,23%, candidato da atual gestora, Nair Portela. Em seguida, Ridvan Fernandes, com 16,94%; e Welbson Madeira, com 7,54%.

Com os resultados definidos, o colegiado máximo da universidade irá elaborar uma lista tríplice para ser enviada ao Ministério da Educação em formato de lei. Então, caberá ao Governo Federal decidir quem será o reitor da universidade. A nomeação oficial deve acontecer somente pelo mês de novembro.

Já é a terceira vez que Natalino é eleito para o cargo de reitor na UFMA. O professor de medicina esteve à frente da universidade por dois mandatos seguidos, de 2007 até 2015. Naquele ano, indicou como sua sucessora Nair Portela, que venceu e ocupa o cargo hoje. Com a eventual ruptura dos dois, este ano Natalino decidiu concorrer e a reitora resolveu lançar seu próprio candidato. O resultado mostrou novamente o triunfo do ex-reitor.

Como as eleições para reitor e vice são independentes, o vice-reitor eleito foi Allan Kardec, que não pertence à chapa de Natalino. O segundo mais votado foi Luciano Façanha, com 23,56%; seguido de Marcos Fábio, com 13,06%; e somente então o candidato do reitor reeleito: Wener Miranda, com 9,62%. Depois dele, vem Antônio Oliveira, com 7,25%; Walter Nunes, com 6,68%; e José Eduardo, com 4,05%.

O processo de oficialização do vice-reitor é diferente do que diz respeito ao cargo mais alto da gestão. Segundo a assessoria da UFMA, anteriormente, o reitor nomeado pelo Presidente da República escolhia seu vice e sua equipe de pró-reitores; porém, agora, esta operação mudou e não se sabe ao certo como ocorrerá a oficialização. De qualquer forma, ela também deverá se consolidar até novembro.

A consulta prévia para a escolha dos próximos reitor e vice-reitor da UFMA estimou cerca de 30 mil votantes, entre docentes, discentes e técnico-administrativos, em todos os campi da instituição.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias