CHUVA

Inundação em Imperatriz cessa e famílias já retornam às suas casas

O município amanheceu neste domingo (7) com as ruas secas. Caso as chuvas voltem, “estamos com a equipe de prontidão, já preparados para uma situação que possa ocorrer”, tranquiliza o Capitão André

Foto: CBMMA/Divulgação

A cidade de Imperatriz, no interior do Maranhão, amanheceu neste domingo (7) com boas notícias. A inundação ocorrida após as intensas chuvas já cessou em todos os bairros e as famílias, até então desalojadas, já estão retornando às suas casas.

A informação é do Capitão André, do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros, que participou dos resgates de pessoas no município. Segundo ele, os bairros que mais foram atingidos pelo alagamento – Parque Alvorada I e II, Vila Ipiranga e a cidade de Davinópolis, vizinha de Imperatriz – já têm suas ruas secas.

Na última sexta (5), a Prefeitura de Imperatriz declarou situação de Calamidade Pública. Segundo os dados, 800 famílias estariam desabrigadas em diversos bairros. Com a intensa chuva ocorrida, os riachos transbordaram. A Defesa Civil afirma que foi o maior nível de queda de água dos últimos 10 anos, atingindo 100 mm só na quinta-feira.

“Na manhã de sexta-feira de Imperatriz, foi um caos”, relata o Capitão André sobre o dia que foi o pico da enchente. Os resgates, que contaram com 64 bombeiros militares do Batalhão de Imperatriz, além de soldados mais modernos, duraram até ontem, sábado.

“Todos os bairros atingidos por Imperatriz, o nível já abaixou. Os com a situação mais críticas eram os Parques Alvorada I e II, mas as ruas já estão secas e as pessoas já estão retornando às suas casas”, conta o bombeiro.

As pessoas desalojadas pela inundação estavam nas casas de amigos, familiares, nas igrejas, e em abrigos nas proximidades. Os móveis das casas foram perdidos, mas as casas já estão secas, conforme o Corpo de Bombeiros.

Vem mais chuva por aí

Segundo o Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão, a previsão para abril é de ainda mais chuva, que pode ocorrer isolada nas madrugadas acompanhadas de rajadas de trovão e ventos fortes.

“Já estamos cientes da situação. Estamos com a equipe de prontidão, já preparados para uma situação que possa ocorrer”, tranquiliza o Capitão André.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias