CASO IVANILDO PAIVA

Motorista de aplicativo preso é acusado de envolvimento com assassinato de prefeito

Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça, Douglas é acusado de envolvimento na morte do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Barbosa de Paiva

O motorista de aplicativo, Douglas da Silva Barbosa, foi preso pela Polícia Civil na cidade de Imperatriz (MA). Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça, Douglas é acusado de envolvimento na morte do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Barbosa de Paiva.

Sobe para cinco o número de envolvidos na trama que descambou para a morte do prefeito. As investigações apontam que Douglas teria sido a pessoa que alugou o veículo usado pelos criminosos, um Ônix de placas QNV-1313, Belo Horizonte, (MG). O carro também está apreendido.

Além do carro de Belo Horizonte, a Polícia também apreendeu outros quatro carros e uma moto que supostamente teriam sido adquiridos pelos acusados, eles foram adquiridos pelo dinheiro recebido pelo assassinato do prefeito de Davinópolis.

Policiais envolvidos

Na manhã desta terça-feira (11), a PC também prendeu o cabo da Polícia Militar do Pará, Francisco Bezerra Soares, 44 anos, conhecido como “Tita’ e o soldado da PM-MA, Willame Nascimento da Silva, lotado na cidade de Grajaú. Os dois são apontados como executores de Ivanildo Barbosa.

Também foram presos Gean Dearlen dos Santos Neres e o mecânico José Denilton Sousa Guimarães, conhecido como “Boca Rica” . Ele é proprietário da oficina onde foi encontrado o veículo usado na prática do crime.

Com as prisões efetuadas a polícia espera chegar ao mandantes do crime e os motivos que levaram a execução do prefeito.  Todas as prisões são temporárias e os dois policiais militares então recolhidos no 3- Batalhão da Polícia Militar em Imperatriz e os outros envolvidos estão na Unidade Prisional daquela cidade.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias