GOLPE NO ZAP

Golpe no WhatsApp promete retrospectiva 2018 e atinge 339 mil pessoas em 24 horas

Com promessa de mostrar ‘fotos, status e conversas antigas’, o golpe tem o objetivo de ganhar dinheiro com publicidade

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O final de 2018 não foi diferente para quem quer aplicar golpe no WhatsApp. A promessa de fazer uma ‘retrospectiva 2018’ no WhatsApp já atingiu mais de 339 mil pessoas em menos de 24 horas. É o que aponta o laboratório PSafe, especializado em cibersegurança.

Como acontece

O conteúdo divulgado pede para o usuário clicar em um link para ter acesso ‘a fotos antigas, status e conversas’. A empresa disse que o intuito do crime é ganhar dinheiro com publicidade. Em outros casos, o usuário pode ser direcionado para sites maliciosos, onde seus dados pessoais podem ser capturados.

As mensagens do WhatsApp tem criptografia e não podem ser acessadas ou compartilhadas. A medida é para garantir segurança e privacidade. Ou seja, nem mesmo o WhatsApp conseguiria fazer uma aplicação como essa, pois violaria a sua própria política de privacidade.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS