viagem

7 itens que você mesmo pode revisar no seu carro

Além de trazer segurança à toda família, as dicas são simples e poderão ser feitas por você mesmo

foto: Reprodução

Julho é mês de férias escolares e muitas famílias estão se programando para fazer, pelo menos, uma viagem com as crianças neste período. Se escolher pegar a estrada de carro, lembre-se de que os cuidados nunca são demais. Levar o veículo ao mecânico é indispensável, pois existem falhas que somente um profissional da área pode detectar.

Por outro lado, alguns itens podem ser checados pelo próprio motorista antes do passeio. Pensando nisso, profissionais da 123carros, startup de compra e venda de veículos, listaram sete componentes que qualquer pessoa pode verificar em seu automóvel para não correr riscos durante a viagem. Confira:

Limpador

O limpador de para brisas é um item quase sempre negligenciado pelo condutor. O ideal é verificar periodicamente se o produto está em boas condições. Para isso, confira se as borrachas estão limpando corretamente, e se o encaixe das hastes não está solto, evitando, assim, que o componente pare de funcionar durante uma tempestade.

Água

Um dos hábitos mais fáceis e comuns na hora de cuidar do veículo é olhar se o reservatório de água está cheio. Se estiver vazio, o motor vai aquecer o que causará danos graves. Para isso não acontecer, fique atento à quantidade ideal de água que seu veículo precisa. Alguns modelos utilizam líquidos de arrefecimento, neste caso, verifique a marca indicada.

Pneu

Se estiver em mal estado, o pneu pode causar perda de aderência ao solo e um aumento no risco de derrapagem. O ideal é que os sulcos estejam com, no mínimo, 3mm de profundidade. É possível, também, medir utilizando uma moeda de R$ 1,00. Se o anel dourado desaparecer ao ser inserido no sulco você pode rodar com seu carro sem problemas. Caso o contrário, os pneus de seu veículo devem ser trocados imediatamente.

Outra forma de avaliar o pneu, é notando se há algum vazamento de ar. Para isso, é bom calibrar alguns dias antes da viagem e checar se não esvaziou neste período. O estepe também deve estar calibrado e em boas condições de uso.

Peso

Quando utilizamos o carro no dia a dia, geralmente não levamos muitas bagagens. Durante viagens, principalmente as que fazemos com a família, isso é bem diferente, além das malas, temos que levar em conta o peso dos passageiros, que somados podem influenciar diretamente no tempo de frenagem do veículo. Portanto, sempre é bom verificar, no manual do veículo, a quantidade máxima do peso que seu automóvel pode suportar.

Freios

O sistema de freios é um dos itens mais delicados de se verificar. Em alguns casos, é formado por mais de 15 componentes (disco, pastilha, lona, cilindro, etc). Contudo, é possível notar indícios do mal funcionamento a partir de tremores no volante ou ruídos no pedal, causados por pastilhas gastas.

Se o pedal do freio estiver mais baixo do que o normal, pode ser que esteja faltando fluído. Em geral, o prazo para a troca dos itens do freio é indefinido, pois depende do uso que o proprietário faz do veículo. Se ainda houver dúvidas, lembre-se que o ideal é buscar a avaliação de um profissional.

Óleo de motor

O óleo é ainda mais importante para viagens longas, quando o motor é mais exigido devido ao funcionamento constante. Geralmente, o indicado é realizar a troca a cada 10 mil quilômetros rodados, mas este número varia de acordo com o modelo, tempo de uso e quilometragem de cada carro. O painel do veículo também indica um alerta para a realização desta troca.

Caso você tenha perdido o controle da última troca, não se preocupe, verifique no manual do carro onde está localizado a vareta para medir o nível de óleo. Com isso, faça um teste para identificar se ele se encontra abaixo do mínimo permitido. Se isso acontecer, basta levar o carro a um posto de combustível ou à uma loja especializada em troca de óleo. Lá, o profissional irá orientá-lo quanto ao tipo de óleo indicado para atender às necessidades do motor do seu carro.

Iluminação

Os faróis e lanternas do carro são extremamente importantes para evitar acidentes e, além disso, devem permanecer acesos durante a sua permanência na estrada, itens obrigatórios nas rodovias brasileiras. Mesmo que a viagem ocorra durante o dia, condições climáticas como neblina e chuvas podem exigir iluminação tanto para o condutor, quanto para quem está fora do veículo.

Por isso, antes de pegar a estrada, verifique se todos os níveis de iluminação do farol (baixo, médio e alto) estão funcionando corretamente, assim como as setas, luz de freio, luz de ré e lanterna.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS