EM 8 DIAS

Cinco pessoas foram assassinadas no Coroadinho

Só neste domingo, 24, duas pessoas foram assassinadas. Um menor de idade foi morto com sete tiros e uma mulher foi atingida na cabeça

Reprodução

Uma onda de violência na região do Coroadinho que resultou na morte de cinco pessoas em oito dias, assustou os moradores da região. Só neste domingo, 24, duas pessoas foram assassinadas, um menor de idade foi morto com sete tiros e uma mulher foi atingida na cabeça.

Segundo dados da Secretária de Segurança Pública (SSP), desde o último dia 16 de junho, Ernandis Pereira da Silva, Jilmer Clayton Sousa Diniz, um menor de 16 anos, outro de 15 anos e Tatiana Santos do Carmo foram assassinados todos por arma de fogo.

Neste domingo, 24, por voltas das 17h, um menor de 15 anos, identificado como Danilo foi morto com sete tiros próximo à feira do bairro. O alvo dos suspeitos era o primo da vítima, como não o encontraram, assassinaram de forma brutal, o adolescente.

Pouco tempo depois, Tatiana, de 25 anos, foi atingida por um tiro na cabeça durante um tiroteiro que aconteceu próximo à residência da vítima. Tatiana foi socorrida e morreu a caminho do hospital.

De acordo com informações da polícia, três envolvidos na morte da jovem foram presos. São eles Moisés Pinheiro Pereira, Luís Carlos Santos Serra e Boaventura Sousa Pereira, todos moradores do Pólo Coroadinho.

Moradores lamentaram nas redes sociais, a “guerra” instalada na região, e que ocasionou  as mortes de pessoas inocentes. “Muitos inocentes estão perdendo a vida. O Coroadinho pede paz“, comentou uma moradora através de um post em uma rede social.

A Secretária de Segurança Pública informou por meio de nota que os comandos da Polícia Militar e Civil se reuniram na tarde desta segunda-feira, 25, e foi definido um planejamento operacional de segurança para reforçar o combate à criminalidade em todo o Pólo do Coroadinho.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS