DIA HISTÓRICO

Manifestantes impedem saída de Lula do prédio de Sindicato no ABC

Na tarde deste sábado, 07, o presidente tentou se entregar a polícia. Com o prédio cercado por manifestantes, o ex-presidente foi obrigado a retornar ao prédio. Petistas negociam com polícia

Lula voltou ao prédio do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (Foto: Reprodução/GloboNews

Foram poucos minutos. 2 carros pretos seguiram de Congonhas até o Sindicato de metalúrgicos no ABC Paulista. Tudo indicava que esses carros eram da Polícia Federal e fariam proteção ao outro em que o petista seguiria ao aeroporto de congonhas. Com uma distância de menos 500m, os policiais especiais ficaram aguardando a saída o ex-presidente do prédio em uma rua paralela.

A cada hora o ambiente ficava mais tenso. Com o braço para fora, Lula mandava sinais de companheirismo às pessoas na rua ao lado de fora. Ao mesmo tempo, o carro prateado se posicionava dentro do estacionamento.

Repentinamente, Lula surpreende a todos entrando no carro. Militantes e manifestantes começaram a impedir a saída. O portão do sindicato chegou a ser arrancado, em meio a gritos de ordem dos manifestantes. Com um número maior de pessoas na garagem, o carro foi impedido de sair e teve que retornar. O presidente voltou ao prédio do Sindicato de Metalúrgicos do ABC.

Momento em que Lula entrou no carro (Foto: Reprodução/GloboNews)

Aguarde mais informações

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS