ECONOMIA

Itaqui firma acordo com Porto do Canal de Suez

A parceria representa um avanço no diálogo para que o Itaqui possa ser o hub do Arco Norte do Brasil para os países árabes

Ted Lago assinou acordo com o vice-presidente da Zona Econômica do Canal de Suez, almirante Abd El Kader Darwish

Como resultado da participação no Fórum Econômico Brasil e Países Árabes, evento realizado pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira nesta semana, em São Paulo, o Porto do Itaqui formalizou um acordo de cooperação com a Port Said Port Authority (PSPA), agência governamental do Egito encarregada da gestão e operação de Port Said, nas proximidades do Canal de Suez, complexo portuário que inclui West Port, East Port e El Arish Port.

O acordo tem por objetivo promover o intercâmbio técnico e econômico entre as duas autoridades portuárias e suas comunidades visando a promoção do transporte e comércio marítimos. “A viabilização de rotas diretas que possam conectar esses dois importantes mercados aumenta nossa participação na segurança alimentar desta região, que abrange o Oriente Médio e o norte da África”, afirmou o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, que assinou o Memorando de Entendimento junto com o vice-presidente da Zona Econômica do Canal de Suez, almirante Abd El Kader Darwish.

A parceria representa um avanço no diálogo para que o Itaqui possa ser o hub do Arco Norte do Brasil para os países árabes. “A localização do nosso porto diminui o tempo de viagem pela proximidade com o Canal de Suez, o que é fundamental para integrar as mercadorias produzidas no corredor centro norte a um mercado formado por mais de 500 milhões de pessoas”, disse Ted Lago.

O convênio abrange gestão portuária, logística e transporte marítimo. Entre as áreas de interesse estão o planejamento portuário, transporte intermodal, desenvolvimento e implementação de sistemas de logística de transporte e plataformas de e-commerce, formação de recursos humanos, controle e segurança portuária, dentre outros.

A proposta é criar um fluxo permanente para troca de informações e tecnologias a fim de desenvolver novas oportunidades de negócios, modernizar a infraestrutura portuária e melhorar a qualificação dos recursos humanos de ambos os portos. É de interesse das duas partes atuar também na promoção de visitas técnicas e participação em cursos, conferências e fóruns dentro e fora de ambos os países.

Considerado um dos mais importantes portos egípcios no mar Mediterrâneo e um dos mais competitivos do mundo, Port Said está localizado na entrada norte do canal de Suez, o maior canal de navegação do planeta, que liga a Europa ao Oriente.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS