HIPERTENSÃO ARTERIAL

Conheça a doença que pode levar ao infarto

Nesta quinta, comemora-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, doença silenciosa que pode causar danos graves

Nesta quinta, se comemora o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial

Nesta quinta-feira, 26, comemora-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, a data serve para chamar atenção da população sobre a doença que atinge, segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 30 milhões de brasileiros. Popularmente conhecida como pressão alta, a doença não tem cura, mas deve ser tratada para evitar complicações.

O que é Hipertensão Arterial?

O coração tem a função de bombear o sangue através das artérias e veias. A pressão sanguínea arterial é produzida pela força exercida pelo sangue contra as paredes das artérias, que levam o sangue para todo o corpo.

Quando a pressão do sangue que está sendo bombeado é mais alta do que deveria ser, normalmente, igual ou maior que 14 por 9, já é considerado hipertensão arterial.

Causas

A pressão alta é causada por predisposições hereditárias e fatores externos de risco como a obesidade, estresse e consumo excessivo de álcool e sal.

  •  Idade: o risco de hipertensão aumenta à medida que a idade aumenta. É mais comum nos homens com a idade de 45. As mulheres são mais propensas a desenvolver pressão arterial elevada após a idade de 65 anos.
  •  Antecedentes familiares: a tensão arterial elevada tende a ocorrer em famílias.
  •  Excesso de peso: quanto maior o seu peso corporal, mais sangue você precisa para fornecer oxigênio e nutrientes para seus tecidos. À medida que o volume de sangue circula através dos vasos sanguíneos, aumenta a pressão nas paredes da artéria e na pressão arterial.
  • Sedentarismo: as pessoas que são sedentárias tendem a ter frequências cardíacas mais altas. Quanto maior, mais difícil o coração deve trabalhar com cada contração e mais forte a força em suas artérias. A falta de atividade física também aumenta o risco de excesso de peso, outro fator de risco
  •  Tabagismo: seja fumando ou mastigando tabaco, ambos imediatamente aumentam a pressão arterial temporariamente.
  •  Excesso de álcool: tomar mais de duas bebidas por dia para os homens e mais de uma bebida por dia para as mulheres pode afetar a pressão arterial negativamente.
  • Fatores emocionais: Carga emocional excessiva (estresse)

Infarto, AVC e problemas renais

Conhecida como a “doença silenciosa”. Segundo informações da SBH (Sociedade Brasileira de Hipertensão), a hipertensão é responsável por 40% dos infartos, 80% dos AVCs (acidente vascular cerebral) e 25% dos casos de insuficiência renal.

A pressão alta é causada quando há uma resistência e endurecimento maior dos vasos sanguíneos para a passagem do sangue, o que faz com que o coração trabalhe mais para o bombear o sangue. Esses fatores podem ocasionar os entupimentos das artérias e veias com o passar dos anos e causar danos

Sintomas

Quando um indivíduo apresenta uma hipertensão arterial grave ou prolongada e não tratada, apresenta dores de cabeça, vômito, dispneia ou falta de ar, agitação e visão borrada decorrência de lesões que afetam o cérebro, os olhos, o coração e os rins.

Prevenção

Para quem tem familiares que sofrem da doença, o cuidado deve ser redobrado. Mas todos devem sempre que possível aferir a pressão, ter hábitos saudáveis, manter uma alimentação equilibrada, evitar  o consumo elevado de sal,  evitar o estresse e não fumar.

Tratamento

Quem for diagnosticado com a doença, deve seguir a risca o tratamento para manter a doença controlada. O tratamento é feito com medicamentos e mudanças de hábitos. Uma vida mais saudável e menos estressante são muito importantes.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS