PORTO DO ITAQUI

Abrindo mercado em Dubai

O Porto do Itaqui esteve presente em um dos maiores fóruns de investimentos estrangeiros, em Dubai

A intenção é estreitar a relação entre Maranhão e países do Oriente Médio

O Porto do Itaqui marcou presença, nesta semana, no Annual Investment Meeting (AIM), fórum de investimentos estrangeiros diretos, realizado em Dubai, sobre o tema ‘Ligar mercados desenvolvidos e emergentes através de Parcerias para o Crescimento Inclusivo e o Desenvolvimento Sustentável’.

Com o propósito de ampliar os negócios entre o Maranhão e países do Oriente Médio, o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, representou o governador Flávio Dino no evento, um dos principais fóruns da comunidade internacional, onde circulam informações atualizadas, estratégias e conhecimento a respeito do mercado mundial. “Nossa ideia é conectar o Centro-Oeste e o Norte do Brasil com o Oriente Médio por meio do Porto do Itaqui”, afirmou.

O mundo árabe, formado por 22 países distribuídos em 13,5 milhões de quilômetros quadrados, com 60% das reservas de petróleo do mundo, precisa alimentar 406 milhões de habitantes. Já o porto público maranhense se conecta a esse território por se destacar como hub logístico do centro-norte do Brasil para o escoamento da produção de oito estados, especialmente grãos. Uma área onde está localizada a última fronteira agrícola do mundo.

Movimentação

Associada à grande movimentação de grãos, o Porto do Itaqui tem a vantagem da conexão ferroviária com as principais regiões produtoras do Brasil, o que permite agregar valor ao grão, atraindo investimentos para a indústria de processamento de carnes do Maranhão e de sua área de influência. O Itaqui representa, para os países árabes, o canal para a entrada de alimentos e ao mesmo tempo oportunidades para empresas do setor de combustíveis.

Estamos entre os maiores portos do país na importação de Diesel”, informou. As exportações e importações entre o Brasil e os países árabes somaram mais de US$ 20 de bilhões em 2017 e as oportunidades comerciais entre as duas regiões tendem a crescer ainda mais.

O Porto do Itaqui tem avançado nesse diálogo e um exemplo dessa aproximação foi a recente formalização de um acordo de cooperação técnica com a Port Said Port Authority (PSPA), agência governamental do Egito. O objetivo da parceria é promover o intercâmbio técnico e econômico entre as duas autoridades portuárias e suas comunidades visando à promoção do transporte e comércio marítimos.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS