OPERAÇÃO

Polícia identifica homem que acompanhava Bardal durante abordagem

Tiago Bardal foi abordado por guarnição da Polícia momentos antes da operação ser realizada; o ex-superintendente estava na companhia de um homem, já identificado pela SSP

Tiago Bardal. Foto: Reprodução

Foi identificado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) o homem que acompanhava o delegado Tiago Bardal no momento em que foi abordado, durante operação que desmontou esquema de milícia e contrabando na estrada do Quebra-Pote. O nome do homem ainda não foi divulgado por questões de segurança. Informações dão conta de que o acompanhante é advogado.

Bardal e o homem foram encontrados nos arredores onde acontecia operação conjunta das polícias civil e militar que prendeu oito pessoas, entre elas militares e servidores públicos. Em uma região conhecida como Arraial, no bairro do Quebra-Pote, zona rural da capital, foi encontrada grande quantidade de mercadoria contrabandeada, além de armas e outros equipamentos bélicos.

Prisão preventiva

O pedido de prisão preventiva contra o delegado Tiago Bardal, ex-Superintendente de Investigações Criminais exonerados na última quinta-feira, 22, ainda está em posse do Ministério Público do Maranhão. Os oito homens presos em flagrante durante a operação estão em prisão preventiva, determinada pelo juiz Ronaldo Maciel, na noite de segunda-feira, dia 26.

Entre os homens flagranteados, estão o Major Luciano Fabio Farias Rangel, o soldado Fernando Paiva Moraes Junior e o Sargento Joaquim Pereira de Carvalho Filho. Os outros envolvidos foram identificados como Rogério Sousa Garcia, Edmilson Silva Macedo, José Carlos Gonçalves, Rodrigo Santana Mendes e Eder Carvalho Pereira.

A operação

Guarnições das polícias civil e militar deram início a uma operação no povoado Arraial, no Quebra-Pote, no início da madrugada de quinta-feira, 22. A ação combateu organização criminosa que iria receber carregamento de mercadorias e armas contrabandeadas, através de um porto particular.

De acordo com a SSP, uma das guarnições abordou um automóvel, onde estavam presentes dois homens – um deles, o delegado Tiago Bardal, que disse estar retornando de uma festa.

Foram apreendidas centenas de caixas de whisky e de cigarros, dois rifles calibre 44, um revólver Magnum de mesmo calibre, cinco pistolas calibre ponto 40, duas granadas, uma pistola 380 e farta munição.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS