CONTA DE LUZ

Chegou dezembro e, com ele, redução na taxa de energia

A melhoria nos reservatórios das hidrelétricas, principal fonte de energia do Brasil, contribuiu para determinação da bandeira vermelha nível 1 na conta de luz

Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a melhoria nos reservatórios das hidrelétricas, principal fonte de energia do Brasil, contribuiu para determinação da bandeira vermelha nível 1 na conta de luz em dezembro. Neste mês, a taxa adicional será de 3 reais a cada 100 kilowatts-hora consumidos.

Com finalidade de sinalizar uma eventual escassez de energia, as bandeiras atingiram pela primeira vez o patamar vermelho nível 2 em outubro e perduraram até novembro, com cobrança adicional elevada para 5 reais a cada 100 kilowatts-hora.

Aprimoramento do sistema de bandeiras

No dia 24 de outubro foi aprovada, durante Reunião Pública da Diretoria, audiência pública para discutir a revisão da metodologia das bandeiras tarifárias e dos valores de suas faixas de acionamento. A proposta é de bandeira amarela no valor de R$ 1,00; bandeira vermelha no patamar 1, R$ 3,00; e vermelha no patamar 2, R$ 5,00, a cada 100 kWh consumidos e frações. Os valores já estão em vigor desde o início de novembro.

MOSTRAR MAIS