Saúde

Novos hospitais atendem 140 cidades do interior do MA

Além dos hospitais regionais, o Maranhão também tem unidades inéditas e especializadas na Grande São Luís.

Reprodução

Os seis hospitais macrorregionais entregues pelo Governo do Maranhão desde 2015 atende à população de cerca de 140 cidades no estado. Pela primeira vez, o Maranhão tem uma rede capaz de fazer atendimentos complexos, que antes só podiam ser feitos em São Luís ou em outros estados. Já foram feitos milhões de atendimentos por esses hospitais, que reúnem mais de 500 leitos e médicos especializados em diversas áreas.
Para a população, os novos hospitais representam mais do que saúde. Significam também economia de tempo e dinheiro, já que evitam viagens para cidades muito longe. “Temos hospitais de alta complexidade em lugares do nosso estado que nunca tiveram serviços de saúde de qualidade”, diz o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.
O mais recente hospital entregue pelo governador Flávio foi o Regional de Balsas. Antes, foram inaugurados o Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês; o Hospital Dr. Everaldo Ferreira Aragão, em Caxias; o Hospital Regional Dra. Laura Vasconcelos, em Bacabal; o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, em Imperatriz; e o Hospital Regional Dr. Jackson Lago, em Pinheiro.

Mais especialidades

Além dos hospitais regionais, o Maranhão também tem recebidos unidades inéditas e especializadas na Grande São Luís. Um dos principais exemplos é o Hospital de Traumatologia e Ortopedia, inaugurado em outubro no Turu, bairro da capital.
São mais de 300 profissionais que têm à disposição equipamentos de alta tecnologia para fazer cirurgias de alta complexidade. A capacidade do hospital é de fazer 400 operações por mês, cinco vezes mais do que a anterior. O HTO já está fazendo procedimentos difíceis como alongamento ósseo e implante de próteses articulares.

MOSTRAR MAIS