Violência

Assalto e homicídios registrados esta semana em São Luís

Somente na noite anterior, 14, foram registrados 4 assassinatos na Delegacia de Homicídios. Além disso, assalto a uma faculdade, invasões a casas e homicídios geram temor.

Reprodução

Uma onda de violência tomou a cidade São Luís nos últimos dias. Somente na noite anterior, 14, foram registrados 4 assassinatos na Delegacia de Homicídios. Desde segunda-feira, 13, moradores do bairro Ipase relataram trocas de tiro e duas crianças foram assassinadas.

Ontem, assaltantes invadiram uma faculdade particular no bairro Turu, onde houve troca de tiros. Nas redes sociais, circularam muitos vídeos e fotos do momento de pânico vivido por alunos. Boletins de ocorrência registrados na delegacia do Cohatrac relataram que 3 ladrões entraram armados em duas salas de aula e levaram tudo que puderam. Veja o tumulto causado:

Gutemberg Sousa, Investigador do Plantão Central do Cohatrac, afirmou que ainda não pode confirmar a relação dos crimes ocorridos na última noite, com o assassinato de Yuri de Paula Silva, também conhecido como Chacal, e o seu padrasto Josélio, cabo do 9º Batalhão da PM ou com uma possível guerra entre facções.

Nas últimas horas fez uma vítima na Vila Cascavel e outra na Vila Embratel, além de um achado de cadáver no Coroadinho. Por volta das 19 horas de segunda-feira, três homens que ocupavam uma motocicleta atacaram Genilson Rodrigues Vieira, conhecido como “ Blau”, de 16 anos, e desferiram-lhe vários tiros, matando-o.
Na Segunda Travessa São Pedro, na Vila Embratel, cerca de dez homens, trajando coletes à prova de bala, encapuzados, armados com pistolas calibre 0.40, 380 e revólver calibre 38, desferiram dezenas de tiros contra Miguel Sousa Filho, conhecido como “Pixote”, de 23 anos, que teve morte imediata. Este grupo já havia espalhado pânico na Vila Embratel, invadindo casas e roubando televisores e outros aparelhos eletroeletrônicos. Pixote era portador de várias passagens pela polícia pela prática de crimes diversos.

MOSTRAR MAIS