Belezas do Maranhão

Turismo em Alcântara gastando pouco

Conhecida por suas ruínas, casarios antigos e belas praias, Alcântara encanta.

Foto: Reprodução

O município de Alcântara contém belezas inigualáveis! Conhecida como “a cidade que parou no tempo”, encanta visitantes com suas ruínas, casarios antigos e belas praias. É uma cidade pacata, ótima para quem quer descansar e contemplar belezas naturais. E o melhor: gastando pouco.

Confira nossa sugestão rápida de roteiro para um final de semana especial, curtindo as belezas do Maranhão.

1. Como chegar

Uma das maneiras mais fáceis e rápidas de chegar em Alcântara, é através do mar. De catamarã ou lancha, você pode sair diretamente da Rampa Campos Melo, próximo ao Palácio dos Leões, na Praia Grande. Outra opção é ir de ferry-boat, saindo do Proto Ponta Madeira, no Itaqui, para o Porto do Cujupe, povoado de Alcântara. Para quem vai de ferry, é necessário pegar uma van para chegar de fato na cidade.

Catamarã
Valor: R$ 15
Contato: (98) 99188-6036 (Catamarã Luzitana)
Confira a tabela de horários aqui

Ferry-Boat
Valores: R$ 11 por pessoa | R$ 70 carro de passeio (incluindo o motorista)
Contatos: (98) 3232-7259 (Serviporto) | (98) 3222-8926 (Internacional Marítima)
Confira a tabela de horários aqui


2. Hospedagem

Entre algumas opções de hospedagem, selecionamos dois locais que chamam atenção pela simplicidade e beleza.
A Pousada Guarás é estilo chalé. Perto da Praia de Ipatinga, fica a 1km do centro da cidade.

Pousada dos Guarás

Pousada Guarás
Rua Baronesa, s/n, Alcântara, Maranhão
Valores para Chalés: R$ 120 duplo, R$ 140 triplo e R$ 80 individual (café da manhã incluso)
Contato: (98) 3337-1339

Outra opção é a Pousada Tijupá. O hóspede pode reservar quarto, armar sua barraca de camping ou dormir em rede disponibilizada pela pousada. Uma boa alternativa para quem gosta de improvisos e aventuras.

Sítio Tijupá

Pousada Tijupá
Rua de Baixo, nº 5, Alcântara, Maranhão
Valores dos Quartos: R$ 45 por pessoa (café da manhã incluso)
Camping: R$ 25 reais por pessoa (café da manhã incluso)


3. O que fazer

Andar, andar e andar. Explorar as ruas de Alcântara é agradável e surpreendente. Monumentos históricos, arquitetura original e belas paisagens encantam qualquer turista. As ruínas da Igreja de São Matias (século XVII) e o Pelourinho não podem deixar de ser visitados.

Outras atrações imperdíveis são as praias de Ipatinga, da Baronesa e Ilha do Livramento. Lugares com belezas imensuráveis e, ainda, pouco explorados.

4. O que comer

Sugerimos um bom peixe ao molho de camarão, na Pousada dos Guarás. O prato fica em torno de R$ 70 e serve duas pessoas. Outra boa pedida é experimentar o tradicional doce maranhense, doce de espécie. Deliciosa guloseima feita à base de coco. Andando pela cidade, é possível encontrar o doce em diversos locais.

Para os amantes de licor, o de Jenipapo é incrível e um verdadeiro sucesso na Festa do Divino, que acontece todos os anos em Alcântara. Por fim, vale a pena passar no Sítio Tijupá para provar a saborosa torta de camarão e outros pratos da gastronomia regional.

Conheça a Festa do Divino Espírito Santo

5. Divino Espírito Santo

Alcântara tem uma expressiva festa em homenagem ao Divino Espírito Santo. Cortejos e rituais ricos em arte, roupas, canto, dança e culinária fazem da comemoração uma experiência de resistência e força da comunidade.

Criados pelos colonos açorianos e seus descendentes, os festejos em Alcântara reproduzem costumes da corte imperial, representada por crianças e jovens, entre 4 e 14 anos. Uso de trajes da corte, de imperadores e mordomos, representa o passado. Coroa, tiaras e cetro ilustram a história contada pelos moradores de forma tão real.

MOSTRAR MAIS