FUTEBOL MARANHENSE

Sampaio Corrêa negocia com quem vai ficar

Após conversar com Fernando Sobral e Maracás, presidente Frota recebeu proposta financeira do técnico Francisco Diá, mas só responde quando retornar de São Paulo

Reprodução

Com o término da temporada do futebol para o Sampaio Corrêa, foram conhecidos ontem os primeiros profissionais chamados até o momento para acertar permanência no clube na próxima temporada. São eles: o zagueiro Maracás e o meia Fernando Sobral. O técnico Francisco Diá também já foi convidado a apresentar sua proposta financeira. Isso aconteceu antes da viagem do presidente Frota para São Paulo, onde esteve na noite de ontem assistindo ao jogo Brasil x Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Num primeiro contato, Diá apresentou suas bases financeiras. O dirigente tricolor ficou de estudá-las e dar uma resposta tão logo retorne a São Luís no fim de semana. Não fez nenhum comentário. O treinador, por sua vez, afirma que tem convites de outras equipes. “Não sei se minha proposta está de acordo com o planejamento do Sampaio, por isso prefiro esperar a volta do presidente para decidirmos se vou realmente ficar”, comentou.No entanto, Frota já havia afirmado antes, que seu desejo é contar com Diá em 2017.

Outro profissional que foi um dos maiores destaques do Sampaio nesta temporada, o zagueiro Odair Lucas também não sabe se vai continuar no Tricolor em 2018. “Sei do interesse do clube, mas é bom deixar esclarecido que ainda tenho contrato com o Rio Claro até dezembro, portanto, só posso falar se fico ou não, depois que tudo for normalizado e analisar a proposta financeira do Sampaio”.

O zagueiro Joécio, que defendeu a equipe do Campinense nos últimos anos, já está confirmado. Com 31 anos e 1,89m de altura, o jogador chega com o aval do técnico Francisco Diá, e logo enalteceu a força do novo clube.
Joécio

Fora do estado, o primeiro contratado foi o zagueiro Joécio, que vem do futebol paraibano. Depois de acertar tudo com o clube, ele confessa que está ansioso para vestir a camisa tricolor.

“A expectativa é enorme para chegar o quanto antes e começar a trabalhar no intuito de ajudar a equipe a fazer outro grande ano, especialmente com muitas conquistas”, afirmou o novo zagueiro boliviano ao site oficial. Ele aproveitou para enaltecer a grandeza do time sampaíno, que reconhece ser um clube de muita tradição:
“Como sou do Nordeste, acabo me envolvendo com os times da região e já vinha acompanhando a equipe do Sampaio. Clube de peso, tradição, não por acaso chegou à Série B, com todos os méritos, e o bom trabalho da diretoria, comissão técnica e da torcida, que fez uma linda festa no jogo do acesso”, finalizou.

MOSTRAR MAIS