ARTE E MÚSICA

População em situação de rua recebe capacitação

Os cursos de Percussão e Desenho Artístico, que serão ministrados na Galeria Trapiche Santo Ângelo, terão início em outubro.

Reprodução

A arte cria formas, desenvolve potencialidades, estimula a imaginação e traz para pessoas em situação de rua a esperança de dias melhores, com oportunidades de emprego e renda. Com essa proposta a Prefeitura de São Luís, por meio das Secretarias Municipais da Criança e Assistência Social (Semcas) e Cultura (Secult), vai ofertar à população da capital, em situação de rua, os cursos de Percussão e Desenho Artístico, que serão ministrados na Galeria Trapiche Santo Ângelo.

O curso de Percussão terá início na segunda quinzena de outubro e o de Desenho Artístico, no começo de novembro. As aulas serão ministradas as terças e quintas-feiras pela manhã e tarde. O objetivo é possibilitar a esse público a conexão com a música, o desenho e as artes de modo geral, permitindo também a oportunidade de capacitação, trabalho e geração de renda.

De acordo com a titular da Semcas, Andréia Lauande, a oferta de cursos reafirma o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo com as políticas assistenciais voltadas para a inclusão social. “Além de possibilitar a geração de renda a esse público, o curso ainda ajuda na identificação e desenvoltura de habilidades, na saúde mental e no resgate da autoestima. Trabalhamos no sentido de proporcionar às pessoas em situação de rua o fortalecimento de vínculos para superação da realidade sofrida nas ruas”, ressaltou Andréia Lauande.

O secretário de cultura, Marlon Botão, destacou a importância de ações integradas entre secretarias do município. “A parceria entre as duas secretarias, de Cultura e de Assistência Social, é de grande relevância, porque são ações transversais para uma demanda que é muito significativa dentro da nossa cidade, que é a questão das pessoas em situação de rua. É um projeto piloto que esperamos dar muito certo, com a oferta de cursos como alternativa de geração de renda”, pontuou o secretário de cultura.

Capacitação

Além dos cursos, a Semcas, por meio dos Centros Pop, também proporciona capacitação profissional em outras áreas para a população em situação de rua. Estabeleceu ainda parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária para o cadastro e atualização desse público no banco de dados do Sistema Nacional de Empregos (Sine).

As iniciativas visam à promoção de oportunidades de trabalho, emprego e renda para pessoas em situação de rua, por meio da qualificação profissional e a continuidade dos estudos através de ações que contribuam para o reconhecimento e valorização da cidadania e a redução das desigualdades. A expectativa é que tenham independência financeira e busquem novos horizontes, transformando a realidade de suas vidas.

MOSTRAR MAIS