Reajuste de novo

Gasolina 0,20% mais barata e diesel 1,40% mais caro

O objetivo da revisão de preços é acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores

Reprodução

Dez dias após o último reajuste, a Petrobras anunciou uma nova mudança para os preços dos combustíveis, com queda de 0,20% no preço da gasolina nas refinarias e aumento de 1,40% no preço do diesel.

Com a nova política de revisão de preços adotada pela empresa no final de junho, a Petrobras consegue acompanhar as condições do mercado e enfrentar as concorrências de importadores.

A empresa avalia as condições do mercado para conseguir se adaptar às demandas, o que pode acontecer diariamente. Assim, ao invés de esperar um mês para o reajuste de preços, eles podem mudar semanalmente. Os novos valores começam a valer a partir desta terça-feira, 24. Quem não curte a ideia é o consumidor, que sofre com os aumentos constantes e precisa reprogramar mais uma vez o orçamento.

Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

MOSTRAR MAIS