Dinheiro Público

Delegado de Loreto usa viatura da polícia para curtir férias

Delegado da cidade de Loreto responde por improbidade administrativa e é denunciado por peculato.

Reprodução

Jean Charles da Silva está afastado da Polícia Militar pelo prazo de 180 dias. O delegado, funcionário da cidade de Loreto, a 515 km de São Luís, responde por improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público, ele fez uso indevido de viatura oficial no período de férias, de julho a setembro de 2012 e junho a agosto de 2013.

O MP também denunciou o policial por peculato, crime definido pelo Código Penal como apropriação, por parte de funcionário público, de bem a que tenha acesso por causa do cargo que exerce. Se condenado, o delegado pode pegar de dois a doze anos de reclusão, além de multa.

Para agravar ainda mais a situação, tudo indica que Jean Charles abasteceu o carro da polícia com cartão oficial, o que implica em enriquecimento ilícito em prejuízo ao erário (dinheiro e bens do Estado).

A Ação Civil Pública foi proposta pelo promotor Leonardo Novaes Bastos e a decisão judicial adotada pela juíza Lyanne Pompeu de Sousa Brasil.

MOSTRAR MAIS