DIGA NÃO AO SEDENTARISMO

Profissionais comentam a importância da caminhada

Para que isso mude, a atividade simples pode ser incluída na rotina diária

Reprodução

Cerca de 100 milhões de brasileiros ainda são sedentários, segundo pesquisa divulgada pelo IBGE. A obesidade entre vem aumentado a cada dia entre os brasileiros e já pode ser considerada uma epidemia tanto em adultos como crianças.

A obesidade acaba sendo a causa para inúmeros problemas como hipertensão, alteração no colesterol, diabetes tipo 2, depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico, enxaqueca e dores de cabeça, miopia transitória, problemas cardiovasculares e até desenvolvimento de câncer.

Para que isso mude, uma atividade simples pode ser incluída na rotina diária: a caminhada. É uma maneira fácil de sair do sedentarismo, combater a obesidade e pode ser praticada por crianças, jovens e adultos sem restrição.

“Abandonar o sedentarismo não é uma tarefa fácil. Para começar, é necessário ter uma dose extra de determinação, força de vontade, criar metas, ter foco e realizar, pelo menos, 150 minutos de atividade durante a semana, ou seja, 30 minutos. Inicie com uma caminhada leve, faça respirações longas, recupere o fôlego e continue a atividade. Vida saudável significa longevidade. Os resultados são infinitos e valem para a vida toda. Nunca é tarde para começar. Sabemos que é extremamente importante ter também um acompanhamento de um profissional adequado para ser orientado da melhor forma. Mudar a rotina e começar a ter uma vida mais saudável não é fácil, mas sabemos que é possível e quando começa, não queremos mais parar, porque faz bem para saúde, o ego e o bem-estar é incrível”, alerta Carlos Henrique, coordenador fitness da Bodytech Shopping da Ilha.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, é fundamental gastar em média 300 calorias por dia para sair do sedentarismo. Pequenas atitudes diárias também contribuem para mudar hábitos: deixar o elevador e a escada rolante e optar por subir e descer escadas físicas ou mesmo saltar do ônibus um ponto antes do habitual, aumentando assim o tempo de caminhada. Essas atitudes diminuem em aproximadamente 30% as chances de doenças cardiovasculares.

O fisiologista Jakson Couto lista sete benefícios e mudanças que acontecem no corpo durante a caminhada.

1- Melhora a circulação (o retorno venoso é aprimorado com a ajuda da bomba muscular – coração, ajustando a circulação arterial) e a função respiratória (ventilação nos pulmões);

2- Combate a osteoporose – vários estudos comprovam que os pequenos impactos no momento da caminhada são benéficos para os ossos;

3- Dose extra de ânimo: durante a atividade, o corpo libera endorfina – hormônio responsável pela sensação de prazer e bem estar;

4-Diminui a sonolência e melhora a insônia: o cansaço causado pela caminhada ajuda o corpo a relaxar e adormecer mais rápido;

5-Previne doenças cardíacas: ao controlar a pressão arterial é possível prevenir a grande maioria das doenças do coração. O corpo e o coração ficam com as funções vitais mais equilibradas;

6-Melhora a diabetes: o exercício aumenta a circulação e o fígado e o pâncreas recebem mais sangue. Em uma caminhada forte o corpo produz mais insulina. Este benefício vale também para pessoas que possuem alguma disfunção no fígado ou pâncreas;

7-Relaxamento muscular: ao praticar qualquer tipo de atividade física diversos hormônios são liberados pelo corpo. Um deles é a serotonina, responsável pela sensação de prazer pós-exercício e ajuda a relaxar a musculatura do corpo.

MOSTRAR MAIS