Obras aceleradas

Trecho da duplicação da BR 135 sai em novembro

A duplicação da Estiva à Bacabeira está atrasada por conta das chuvas na região, afirmou o deputado Rubens Júnior após reunião com a Superintendência do DNIT

Reprodução

“O cronograma de duplicação está mantido para novembro”. A afirmação é do deputado federal e coordenador da bancada maranhense no Congresso Nacional, Rubens Junior (PCdoB), ao se referir sobre o andamento das obras do trecho 1 (vai de Estiva a Bacabeira) da BR-135. A declaração do parlamentar foi concedida após reunião com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Maranhão, Gerardo de Freitas Fernandes.

O superintendente do Dnit esteve em Brasília, onde participou de uma audiência no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O objetivo do encontro foi resolver as últimas pendências para a continuidade das obras. O último “impasse técnico” envolvendo a BR-135 era o tipo de asfalto que seria usado para melhorar as condições do trecho 1 da rodovia.

“O Ministério autorizou, ainda que tenha um aumento de custo, e isso não irá afetar em nada o prazo de execução da obra”, declarou Gerardo Fernandes. Esta primeira parte da obra de duplicação da BR-135 se tornou motivo de muita reclamação. Tudo porque houve um atraso na conclusão dos trabalhos. Em junho deste ano, em entrevista ao jornal O Imparcial, deputados da bancada federal do Maranhão chegaram a cogitar acionar o Tribunal de Contas da União (TCU) para tentar acelerar as obras do primeiro trecho da BR-135. O Dnit alegou que o atraso aconteceu em decorrência das chuvas que atingiram a região.

Trechos 2 e 3

Com o fim do impasse e a retomada das obras do trecho 1 da BR-135, a bancada federal agora se mostra empenhada para a execução das obras dos trechos 2 e 3 da rodovia. Em junho, foi garantido o valor de R$ 82,5 milhões para estes intervalos que compreendem Bacabeira e Miranda do Norte.

Ainda com relação aos trechos 2 e 3, ontem foi realizada uma reunião com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão, Marcelo Coelho. O objetivo do encontro foi avançar nas tratativas do licenciamento ambiental, que garantirá as obras dos dois trechos.

BR-010 (Imperatriz)

O deputado Rubens Junior disse, ainda, ter sido informado de mais uma liberação para a Travessia Urbana de Imperatriz. “Serão liberados R$ 2 milhões e a garantia de mais R$ 12 milhões”, ressaltou Rubens. Segundo o parlamentar, o Dnit pediu auxílio da bancada maranhense para auxiliar no descontingenciamento dos recursos destinados à manutenção das rodovias federais no Maranhão. “Além das duplicações, precisamos garantir a manutenção das estradas já prontas. A bancada irá atuar neste sentido, garantindo mais recursos para esses trechos”, finalizou o coordenador da bancada.

MOSTRAR MAIS