QUESTÃO AGRÁRIA

Mais de 300 títulos de terra entregues no mês de agosto

Visando o fortalecimento da política agrária, cerca de 1,3 mil famílias receberam domínios de terra entre coletivos e individuais

Reprodução

O Governo do Maranhão, por meio do Sistema SAF (SAF/ITERMA/AGERP) entregou somente neste mês de agosto, 337 títulos de domínio de terra, entre coletivos e individuais, beneficiando mais de 1.300 famílias maranhenses. A medida, além de levar segurança jurídica às famílias beneficias, também fortalece a política agrária do Estado.

O presidente do Iterma, Raimundo Lídio, frisou que o Governo reconhece a regularização fundiária como um importante fator de desenvolvimento para o Estado. “A atividade de regularização fundiária está sendo executada com muito afinco e disposição porque existe a determinação do governador Flávio Dino de tratar a questão como prioridade, não só para a grande Ilha de São Luís, mas em todo o Estado, para que se possa mudar essa realidade, que é uma garantia, um direito, e que, por tanto tempo ficou colocado em segundo plano”, destacou o presidente.

O Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), órgão que integra o Sistema SAF é responsável pela política fundiária do Estado do Maranhão, objetivando o desenvolvimento da agricultura familiar.

Itaipava do Grajaú

A comitiva do Governo esteve em Itaipava do Grajaú no último dia 18 entregando várias ações de desenvolvimento para o município, dentre elas 61 famílias de agricultores foram beneficiadas com o título de terra.

Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, ver agricultores produzindo em sua terra, se alimentando e ainda tendo renda familiar é gratificante. “É maravilhoso ver que as ações do Governo do Estado pelo Maranhão estão realmente transformando vidas. Nossos agricultores melhorando a qualidade de vida e tendo o título de suas terras em mãos nos mostra que estamos no caminho certo para desenvolver o Maranhão”, explicou.

Paço do Lumiar

Na zona rural de Paço do Lumiar foram entregues ao todo 257 títulos de domínio de imóveis urbanos para moradores da Vila Isabel e Vila Carlos Augusto.

“O apoio que o Governo do Estado tem dado para o município de Paço do Lumiar é de fundamental importância para o desenvolvimento da nossa cidade”, disse o prefeito Domingos Dutra, durante solenidade que aconteceu no último dia 19.

Dona Maria Inês Pereira Sousa, 61 anos, moradora da Vila Isabel externou sua alegria ao receber das mãos do presidente, Raimundo Lídio, o título de seu imóvel, há anos ela ansiava por esta conquista. “Além de segurança para minha família, a partir de hoje realizo um sonho de anos de espera. Ter essa garantia jurídica não tem preço”.

“A entrega desses títulos promove a dignidade das famílias contempladas, que podem adquirir financiamentos, por meio de instituições bancárias, além de ser uma ação contínua do governo Flávio Dino, sempre atento aos que mais precisam”, afirmou o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, que representou o governador Flávio Dino, na solenidade de Paço do Lumiar.

Palácio dos Leões

Mais títulos foram entregues, seguindo a agenda do governador Flávio Dino, no dia 23. Cinco associações dos municípios de Santo Amaro do Maranhão, Cândido Mendes, Matões, Primeira Cruz e Bela Vista do Maranhão estão com suas terras seguras. Os títulos coletivos de terra beneficiaram mais de 1.000 (mil) famílias de produtores rurais.

“Com esse título coletivo o desenvolvimento de nossa comunidade está garantido. Podemos aderir a outras políticas públicas para o fortalecimento da nossa produção”, disse seu Raimundo Alves de Sousa, presidente da Associação dos Produtores Rurais Quilombolas do Povoado Assuviante, localizado no município de Matões.

Em seu discurso, Flávio Dino ressaltou que o Governo do Estado faz questão de realizar o evento de entrega de títulos de terra para enfatizar a importância atribuída a essas políticas. “Entregar o título de terra a cada maranhense é como entregar dinheiro porque agora eles poderão investir, melhorar suas produções e assim crescer sua economia, consequentemente a economia do Estado e mostrar para o Maranhão que essa política é imprescindível para desenvolver o Estado”, destacou.

Santa Luzia

Durante a 12ª edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) realizada nos dias 24 a 26, em Santa Luzia do Tide, o Governo beneficiou mais 14 famílias de agricultores e agricultoras com o título definitivo de terra. Dona Maria Antônia Rodrigues do Nascimento, 65 anos, está sorrindo à toa. “Planto milho, arroz, sustento minha família com minha produção rural. Meu coração transborda de felicidade em poder voltar para minha casa com a segurança de que hoje sou dona da minha terra”, externou.

Para o diretor de Regularização Fundiária do Iterma, Augusto Salgado, a regularização fundiária representa levar dignidade ao campo. “Essa é a prioridade do Governo do Estado. Toda equipe está empenhada para a emissão de títulos. Essa ação representa o coroamento do processo da reforma agrária”, afirmou Salgado.

Questão de Cidadania

“Entregar títulos de terra em todo canto do Maranhão é sinônimo de humanidade. É uma questão de cidadania. Estamos trabalhando para levar garantia jurídica e dignidade aos que antes eram esquecidos, objetivando o fortalecimento da política agrária no Estado”, ressaltou Raimundo Lídio, presidente do Iterma.

MOSTRAR MAIS