Decisão do STF

STF decide que preso tem direito a indenização por condições precárias em cadeia

A questão foi decidida no caso de um preso que ganhou o direito de receber R$ 2 mil em danos morais após passar 20 anos em um presídio em Corumbá (MS)

Por: Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (16) que presos em situações degradantes têm direito a indenização em dinheiro por danos morais. Por unanimidade, a Corte entendeu que a superlotação e o encarceramento desumano geram responsabilidade do Estado em reparar os danos sofridos pelos detentos pelo descumprimento do princípio constitucional da dignidade da pessoa humana.

A questão foi decidida no caso de um preso que ganhou o direito de receber R$ 2 mil em danos morais após passar 20 anos em um presídio em Corumbá (MS). Atualmente, ele cumpre liberdade condicional.

Os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e a presidente do STF, Cármen Lúcia, votaram a favor do pagamento da indenização. Houve divergência apenas em relação ao pagamento dos danos morais para o caso julgado.

Apesar de também entender que a indenização é devida, Barroso entendeu que o pagamento em dinheiro não é a forma adequada para indenização e sugeriu a compensação por meio da remição (redução da pena) na proporção de um a três dias de desconto na pena a cada sete dias que o detento passar preso inadequadamente. Para Barroso, a indenização pecuniária agravaria a situação fiscal dos estados.

“A indenização pecuniária não tem como funcionar bem. É ruim do ponto de vista fiscal, é ruim para o preso e é ruim para o sistema prisional. É ruim para o preso porque ele recebe R$ 2 mil e continua preso no mesmo lugar, nas mesmas condições”, argumentou Barroso.

O ministro Luiz Fux concordou com Barroso e afirmou que a situação dos presídios contraria a Constituição, o que torna as condenações penas cruéis. “A forma como os presos são tratados, as condições das prisões brasileiras implicam numa visão inequívoca de que as penas impostas no Brasil são cruéis”, disse.

Dignidade e integridade

O ministro Marco Aurélio votou a favor do pagamento da indenização em dinheiro e disse que o Estado deve cuidar da dignidade do preso e de sua integridade física. “É hora de o Estado acordar para essa situação e perceber que a Constituição Federal precisa ser observada tal como se contém. A indenização é módica tendo em conta os prejuízos sofridos pelo recorrente [preso].”

Cármen Lúcia também votou a favor do pagamento da indenização pecuniária e destacou em seu voto as visitas que tem feito a presídios do país como presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em uma das inspeções, a ministra diss que encontrou presas grávidas que foram algemadas na hora do parto.

Segundo Cármen Lúcia, a falta de cumprimento da lei em relação aos direitos dos detentos também gera casos de corrupção no sistema prisional.

“O que se tem no Brasil decorre de outro fator, que ao visitar essas penitenciárias a gente tem uma noção grave, é da corrupção que há nestes lugares. Troca-se a saída de alguém que não tenha direito por algum benefício. A situação é bem mais grave do que possa parecer, de não cumprimento da Lei de Execução Penal”, afirmou a ministra.

Atividade pode aumentar o ânimo das crianças

Vale lembrar que a prática da yoga entre crianças tem se disseminado cada vez mais em todo o mundo

Biblioteca inicia programação literária

A abertura oficial acontece às 14h na sede da biblioteca, Praça do Pantheon, centro de São luís

Martírio é talvez o mais importante filme sobre a questão indígena no Brasil

Devoção e luta: conheça a história de São Jorge

Montado em seu cavalo, de armadura e espada na mão, Jorge arrasta legiões de fiéis que encontram, na devoção, forças para encarar as adversidades da vida

5 infrações de trânsito mais cometidas no MA

Essas infrações, consideradas graves e gravíssimas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), revelam o comportamento perigoso de alguns condutores

Porto do Itaqui registra crescimento de 49%

No primeiro trimestre de 2017, foi registrado um aumento de 49% em comparação ao mesmo período de 2016

Jorge Aragão cancela show em SL por problema de saúde

De acordo com a produção do evento, o cantor não conseguiu embarcar para São Luís e ainda está internado na capital do Pará

'No início me olhavam feio', revela Thaynara OG

A morena também revelou que não descarta criar um canal no YouTube nos próximos meses

Clipe K.O., de Pabllo Vittar, ultrapassa 2 milhões de views

Natural de Santa Inês, drag queen famosa no Brasil inteiro lançou o clipe da música nesta quinta-feira (19)

Inscrições para concurso em Penalva são prorrogadas

Concurso, que tinha data final para inscrições para a última quarta-feira (19), teve prazo prorrogado para esta terça-feira (25)

Produtores do Nordeste recebem 59 mil toneladas

Produto será ofertado a pequenos criadores e agricultores pelo valor de R$ 33 por saca de 60 kg

Banda Garatujos no 'Rabisco Sonoro'

O show acontece hoje às 21h no Cidade Velha Pub, Praia Grande

MPMA abre seletivo para estágio

As provas para o estágio não obrigatório serão realizadas em São Luís, Açailândia, Balsas, Barra do Corda, Carolina, Codó, Estreito e Timon no dia 25 de junho

Campeonato de BMX Street acontece hoje

A competição acontece até às 17h no Castelinho, nas modalidades amador e open

Abertas inscrições para curso de cuidador de idosos

O curso ofertará 60 vagas e será realizado de 15 de maio à 22 de junho

VEJA MAIS