REDENÇÃO

Refinaria em Bacabeira é sonho possível

Nova refinaria de Bacabeira é projeto real e está em fase de análise adiantada. Se negociações saírem como previsto, Maranhão ganhará megaprojeto em maio de 2018

Por: Lucas Hadade
Foto: Reprodução

Um assunto que causa extrema desconfiança ao maranhense é a construção da refinaria de petróleo em Bacabeira – obra prometida pela Petrobras, mas que não saiu do papel devido a crise de corrupção na petrolífera brasileira. Desta vez, porém, a realidade pode ser mais generosa com o Maranhão. Segundo apurou O Imparcial, a refinaria pode está mais perto do que os maranhenses possam imaginar. Embora o Governo do Maranhao evite alardear a iminência do grande empreendimento.

Flávio Dino e sua equipe, com o vice-governador, Carlos Brandão à frente, trabalham de forma extremamente discreta e cautelosa. Mas já há um o acordo bem adiantado com os indianos e iranianos. São eles os interessados em construir a refinaria em Bacabeira e em fazer melhorias no porto do Mearim.

A nova refinaria, pelo perfil atual da negociação, é uma parceria público-privada entre o banco indiano Exim Bank, que dará o dinheiro para a construção; o governo do Irã, que fará exploração do refino e pagará o investimento com petróleo; e o Brasil, que cederá o terreno ao empreendimento. Ela terá a capacidade, de acordo com as estimativas, de produzir 650 mil barris por dia (50 mil a mais do previsto para a fracassada Refinaria Premium). Na obra, serão criados mais de 15 mil empregos, diretos e indiretos. O início dela, conforme desejo brasileiro, está previsto para o primeiro semestre de 2018.

A área utilizada será a mesma da Premium, com a terraplanagem da área construída e atualmente abandonada. O Governo do Maranhão, que solicitou o obteve o terreno de volta após o cancelamento da obra, já se comprometeu em cedê-lo para a nova refinaria. Uma reunião está marcada para o próximo dia 14 de fevereiro, com a presença dos iranianos e indianos, no Brasil, e pode selar de vez as negociações.

Muita cautela

Existe, entretanto, uma insegurança natural do governo do estado que antecede a assinatura dos acordos. Há muitas cláusulas que podem ser mudadas em cima da hora e inúmeros documentos que podem sofrer alterações e revisões em questões tributárias ou técnicas, o que pode ser determinantes para o sucesso ou o fracasso do negócio.

Outra preocupação do governo se dá com entidades – não citadas – que poderiam interferir para obstacular o negócio, pois em um contrato desse porte há a participação de inúmeras instituições que podem fazer exigências que embarguem a obra e até mesmo sabotar o projeto por questões políticas.

Ainda sim, fontes do Palácio dos Leões embasaram os detalhes apurados pela reportagem. Indicaram que uma nova refinaria em Bacabeira é algo real. Em entrevista concedida a O Imparcial, o deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB), que acompanha as negociações desde o início, no Irã e no Brasil, foi mais aberto na explicação de como seria a construção do novo empreendimento.

Segundo ele, a Petrobras já devolveu o terreno ao Maranhão, cuja intenção é doa-lo para esta nova empreitada. José Reinaldo detalhou que o Brasil e o Maranhão só entrariam na cessão do terreno e todo o restante do investimento viria por parte da Índia e do Irã totalizando 10 bilhões de dólares (R$ 32 bilhões).

“O governo brasileiro entra não como  investidor. Não tem dinheiro do Brasil. O Brasil cede o terreno assim como o governo do estado vai fazer. Os capitais serão todos de fora. Serão financiamentos que serão recebidos pelos investidores do Irã pela Índia e que serão pagos por petróleo pelo Irã”, adianta o deputado federal.

José Reinaldo já até revelou que empresa a indiana que tocaria a obra seria a Engineers India Ltd (EIL) que, segundo o deputado, fará o projeto, instalará o maquinário e fará a manutenção. O financiamento será feito pelo banco indiano Exim Bank que receberia o pagamentos em petróleo do Irã.

“Todo equipamento, parte industrial e projeto da refinaria será feita na Índia por uma empresa chamada Engineers India Ltd (EIL) com financiamento do Exim Bank da Índia – que financia as exportações indianas. Então eles vão fazer a montagem aqui, colocarão a refinaria funcionando e farão a manutenção dela, sendo isso tudo de engenharia indiana. Lembrando que o Exim Bank financia, mas vai financiar o Irã que os pagará em petróleo”, revelou José Reinaldo.

'Gravação é imprestável como prova", diz perito de Temer

Molina explicou que a gravação foi feita em qualidade muito baixa e o áudio apresenta descontinuidades.

TJ-MA inaugura o Fórum de Viana nesta quinta (25)

O novo prédio – localizado na Avenida Luís de Almeida Couto, bairro Barreirinhas – tem dois pavimentos, com área total construída de 1.193,58 m²

Sobe para nove o número de fugitivos capturados

Dos 32 presos que saíram da unidade de ressocialização, nove foram recapturados e três acabaram mortos em trocas de tiros. Polícia segue em busca dos 20 restantes

Casamento comunitário reúne 192 casais no MA

Os custos dos processos de habilitação, o registro e as certidões serão ressarcidos aos cartórios pelo Poder Judiciário, com recursos do Fundo Especial das Serventias de Registro Civil das Pessoas Naturais do Maranhão (FERC)

Pedido de afastamento de Temer deve ser protocolado até quinta

OAB acredita que presidente cometeu crime de responsabilidade

Temer desiste do pedido de suspensão de inquérito

A abertura do inquérito sobre Temer por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça foi autorizada pelo ministro Edson Fachin na quinta-feira (18)

Ifma divulga lista de excedentes para cursos

Matrículas dos excedentes podem ser feitas entre os dias 23 e 26 de maio no campus de São José de Ribamar

São Luís recebe o brasileiro de quadrilhas

Capital maranhense será sede da 5ª edição do Campeonato Brasileiro de Quadrilhas Juninas. Evento ocorre de 3 a 6 de agosto na Praça Maria Aragão

Leia coluna ‘Aparte’, por Felipe Klamt

Temporariamente adiado o anúncio oficial da pré-candidatura de Roseana Sarney ao governo do estado com o rebulício político no país.

Laerte é uma das mais instigantes artistas brasileiras

Cuxá e toc-toc são adaptações exclusivas maranhenses

Essas iguarias presentes na mesa dos maranhenses, principalmente daqueles que moram no litoral, são delícias que ainda têm origens desconhecidas

Anitta confirma parceria musical com maranhense

Nesse fim de semana, Pabllo e a cantora carioca apareceram juntos produzindo material para a divulgação da canção que tem produção de Diplo e Major Lazer

Maranhense competirá em Festival de Arqueria

A arqueira Tainá Maia é a única maranhense no grupo de cinco brasileiros selecionados para representar o Brasil em campeonato

Rafael Suzuki conquista 4º lugar em Santa Cruz

Piloto da Cavaleiro Sports fez grande corrida e cruzou a linha de chegada em 6º, mas herdou duas posições após punições a outros dois pilotos. Com isso, somou 14 pontos e subiu para 12º no campeonato

5 dicas para você despertar o seu lado mais sensual

Aproveitamos a passagem da sex coach Tarciana Chuvas por São Luís para pegar umas dicas de como seduzir o parceiro ou a parceira da melhor forma

VEJA MAIS