Governo do Estado

Governador nega aumento do próprio salário

Rumores davam conta de que Flávio Dino aumentaria os salários de todos os primeiros cargos do executivo estadual; o governador do Maranhão desmentiu os boatos

Reprodução

Depois de rumores de que aumentaria, em 2017, o próprio salário, do vice e dos secretários de estado, o governador do Maranhão, Flávio Dino, desmentiu os boatos através de posts em uma rede social.

À exemplo de Flávio Dino, o secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, e o presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, também usaram uma rede social para desmentir o reajuste.

O suposto aumento, que passaria a valer desde 1º de janeiro de 2017, não condiz com os projetos desde 2014, quando os salários foram fixados em:  R$ 15.915,40 para o Governador do Estado, R$ 14.198,18 para o Vice-Governador, e R$ 11.154, 24 para o cargo de Secretário de Estado.

“É falsa a informação de que tramita um projeto de lei que aumentará o valor dos salários do governador, do vice e dos secretários”, declarou Othelino Neto. O reajuste dos salários precisaria que o legislativo estatual elaborasse um projeto de lei.

Ainda segundo Othelino, os salários estão afixados desde 2014. “No projeto de lei número 226/2016 mantém exatamente os mesmos valores que foram fixados em dezembro de 2014”, disse o parlamentar.

Reprodução

Já Flávio Dino classificou os boatos como “calúnias e agressões”. Segundo ele, “os autores das mentiras são os mesmos de sempre, que não aceitam os êxitos de um governo sério e popular”.

Márcio Jerry disse que as “mentiras” foram “plantadas para desgastar o governo”, e classificou o ato como “coisa de bandido”.

As informações falsas foram apresentadas por um blog local na segunda-feira, 19.

Imagens dos documentos que provam a inverdade do aumento tem circulado em redes sociais. Uma delas é o projeto de lei citado por Othelino Neto, de nº 226/2016, onde os valores dos salários do executivo estadual são os mesmos que os registrados no projeto de lei de 2014, que estipulou os vencimentos para 2015.

Atualização às 10h28

Em nota, o Governo do Maranhão, esclareceu que os salários mencionados serão os mesmos de 2014, e que os valores podem ser conferidos no Diário Oficial desta segunda-feira (19).

Ainda na declaração, o Governo afirmou que o Maranhão “foi recentemente apontado como um dos poucos estados brasileiros que manteve situação fiscal favorável em 2016”.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS